Dia das Mães

Dentro de toda mãe, antes de tudo, existe uma mulher

O que todos nós devemos esperar de cada mãe?

O que esperar de uma mãe? Que ela seja alegre, mesmo diante das tristezas da vida? Que ela seja forte e inteligente o suficiente para vencer os desafios da educação dos filhos, do trabalho e da casa? Que ela esteja linda 24 horas por dia, mesmo depois de dar aquela faxina em casa ou depois de um dia cansativo de trabalho? Que ela seja ousada e corajosa para ir em frente, mesmo quando tudo a sua volta a desanima e diz que não vai dar certo?

Dentro de toda mãe, antes de tudo, existe uma mulher

Foto ilustrativa: Paula Dizaró/cancaonova.com

Dentro de toda mãe existe uma mulher. Mulher que é ser humano, mas que, diante do grande desafio de ser mãe, esquece de sua origem. Dizem que, quando um bebê nasce, nasce com ele uma mãe. Acredito também que, ao sair da maternidade com seu filho nos braços, cada mãe recebe uma capa de supermãe, a qual a faz esquecer, muitas vezes, quem é pelo simples desejo de querer o bem ao outro. E esse outro é o filho. Ela descobre um amor-doação, um amor-sacrifício, que, em intensidade menor, porém com características semelhantes, faz-nos lembrar a sublimidade do amor Ágape.

Ela é apenas uma mulher

Também existirão mães, que, por inúmeros motivos, apresentam dificuldades ao executar esse sublime ofício. Então, condenaremos cada uma delas? Não! Apenas compreenderemos que, antes de serem mães, são mulheres, e que, sendo mulheres, correm o risco de errar e ser falível, pois se trata de um ser humano. No fim, independentemente da forma que cada mãe se apresenta e se relaciona com esse papel, a maternidade, nenhuma delas deixam de ser mulher, gente, ser humano!

Se sua mãe “errar” com você, lembre-se de que ela é apenas uma mulher. Se ela não atender suas expectativas, lembre-se de que ela é apenas uma mulher! Se, por acaso, sentir-se abandonado por ela, lembre-se de que ela é apenas uma mulher!

Leia mais:
::Tristeza materna: o que significa e quais são os sintomas?
::O caos com o recém-nascido irá passar após o período de adaptação
::As mudanças positivas da maternidade na vida de uma mulher
::Se a maternidade causa dor, por que ela vale a pena?

Olhando para todas as mães que exercem o mais interessante, exigente e fantástico ofício como mulheres, o perdão será mais fácil e o amor ocupará o espaço que precisa em casa. Então, você que é mãe precisará apenas compreender que é uma mulher! E o que se pode esperar de uma mulher fantástica? A sua melhor forma de exercer esse ofício.

O que se esperar de uma mãe? Que ela seja gente!


Aline Rodrigues

Aline Rodrigues é missionária da Comunidade Canção Nova, no modo segundo elo. É psicóloga desde 2005, com especializações na área clínica e empresarial e pós-graduada em Terapia Cognitiva Comportamental. Possui experiência profissional tanto em atendimento clínico, quanto empresarial e docência.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.