Espera

O que fazer quando Deus demora para atender nossas preces?

É muito mais fácil, para qualquer pessoa, agitar-se e correr do que se aquietar e esperar. São poucos os que esperam sem se indignar contra as “demoras de Deus”, e é muito fácil descobrir os limites da própria paciência, mesmo entre os que confiam, porque esses limites são muito curtos.

Conhecer a promessa: “Pois que se uniu a mim, eu o livrarei; e o protegerei” (Sl 90,14), faz bem ao coração. É confortável saber e sentir que estamos revestidos da proteção de Deus.

Sob a proteção de Deus

Aqueles que se uniram assim ao Senhor colocaram-se debaixo de Sua guarda. Essa união é uma aliança; rompê-la é colocar-se novamente vulnerável. A questão é que muitas pessoas encontram dificuldade em entender e aceitar que estar sob a proteção do Senhor significa viver em completa obediência a Ele. Então, começam a imaginar se já não poderão satisfazer todos os seus desejos e seguir os próprios impulsos.

O que fazer quando Deus demora para atender nossas preces

Foto ilustrativa: fantom_rd by GettyImages / cancaonova.com

Essas pessoas correm um sério risco de se sentirem sufocadas, mas Deus sabe o porquê de colocar limites aos seus filhos. Ninguém melhor que um pai poderia dizer o motivo de, naquele momento, manter o seu pequenino seguro pela mão. É assim que ele garante a sua segurança, ajuda-o a manter o ritmo, sustenta-o quando tropeça, detém-no em situações de risco e o leva até que tenha firmeza no andar.

O pior que se pode fazer é abrir uma brecha e romper essa proteção em nome da satisfação dos apetites e prazeres. Tentar escapar da vontade de Deus não é esperteza, é desperdício de tempo e força. E a nossa força é tão grande quanto a nossa capacidade de esperar em Deus. Se você tiver paciência para aguardar que o Senhor o oriente em todas as situações da sua vida, irá experimentar uma força, um ânimo, uma disposição que o manterá firme, seguro, sereno.

Permita-se ser dirigido por Deus

“Deus nos fez perfeitos e não escolhe os capacitados, mas capacita os escolhidos. Fazer ou não fazer algo só depende de nossa vontade e perseverança” (Albert Einstein). Deus escolheu você desde o momento em que o pôs neste mundo e lhe conferiu poder sobre todas as coisas que estão sob a responsabilidade d’Ele. Ficar firme à espera de que Ele manifeste a Sua vontade e nos mostre por qual caminho seguir é mais difícil do que agir. Mas os que assim permanecem, em confiante esperança, comovem o coração de Deus e experimentam o Seu poder. E, experimentando-o, atuam com poder.

Leia mais:
.: Luz da Fé: a pedagogia de Deus nos faz esperar
.: Como Deus pode nos ajudar na construção da vida espiritual?
.: A alegria da esperar em Deus
.:Como saber se é realmente Deus que está falando comigo?

Como é feliz o homem que se deixa dirigir por Deus e enfrenta, corajosamente, os problemas que encontra no caminho! É assim que se aproxima da meta dos seus desejos mais profundos. Quem escolhe essa trilha já é feliz a caminho.

“Meu filho, sofre as demoras de Deus, espera com paciência, a fim de que, no tempo exato sua vida se enriqueça na dor, permanece firme; na humilhação, tem paciência. Põe tua confiança em Deus e Ele te salvará” (Selecionado do livro do Eclesiástico, cap. 2).

Mantenha a esperança diante a espera

A espera causa um sofrimento e, talvez, você já tenha chorado muito; mas está escrito — a respeito de todos aqueles que passam por grandes tribulações —, que é o próprio Senhor quem os espera para “enxugar deles todas as lágrimas dos olhos” (cf. Ap 7,14;21,4).

É importante fazer dessa verdade uma experiência viva e respirar fundo, enchendo o coração de esperança, porque, sem esperança, nada se faz. Quando vemos alguém se levantar, sorrir de novo, acreditar a ponto de parecer que renasceu, é que ele provou o calor e a doçura da esperança.

Há mais pessoas desesperadas do que problemas sem solução. Existem certos venenos em animais peçonhentos que não matam, mas mantêm a vítima em total paralisia. Assim, não podem escapar, nem mesmo se defender. Também é assim quando se perde a esperança: tudo para, fica-se impotente diante das dificuldades da vida, mesmo das mais simples.

banner_testemunhos


Márcio Mendes

Nascido em Brasília, em 1974, Márcio Mendes é casado e pai de dois filhos. Ex-cadete da Academia da Força Área Brasileira, Mendes é missionário da Comunidade Canção Nova, desde 1994, onde atua em áreas ligadas à comunicação. Teólogo, é autor de vários livros publicados pela Editora Canção Nova, dentre eles ’30 minutos para mudar o seu dia’, um poderoso instrumento de Deus na vida de centenas de milhares de pessoas.

comentários