Retiro Popular 2009: A conversão - 2ª semana

1. Oração da manhã
O Espírito Santo suscita muitas formas de oração. A principal é a Oração Litúrgica. Rezamos meditando a Palavra, a fim de vivê-la, rezamos com orações inspiradas na Escritura, rezamos espontaneamente. Podemos desfrutar também das orações compostas por pessoas inspiradas por Deus e que entraram na prática religiosa.
Durante esta semana, reze assim para começar o seu dia:

Senhor, no início deste dia, venho pedir-te saúde, força, paz e sabedoria. Quero olhar hoje o mundo com olhos cheios de amor, ser paciente, compreensivo, manso e prudente; ver, além das aparências, teus filhos como tu mesmo os vês, e assim não ver senão o bem em cada um. Fecha os meus ouvidos a toda a calúnia.
Guarda a minha língua de toda a maldade. Que só de bênçãos se encha o meu espírito. Que eu seja tão bondoso e alegre, que todos quantos se aproximarem de mim sintam a tua presença. Senhor, reveste-me da tua beleza, e que, no decurso deste dia, eu te revele a todos. Amém.

Reze o Credo, o Pai-Nosso, a Ave-Maria e o Glória ao Pai.
Depois, leia os textos da Palavra de Deus que são proclamadas a cada dia da segunda semana da Quaresma na Santa Missa. Escolha uma frase para viver durante o dia.

Meditação
Ao participar da missa dominical em sua paróquia ou comunidade, você terá experimentado a Igreja lhe oferecer o “tom” da música da vida a ser vivida durante a semana. Escolha sempre um precioso ensinamento das leituras do domingo, para pô-lo em prática durante a semana. A segunda etapa do retiro vai nos levar a um novo passo de conversão, uma escolha renovada dos caminhos de Deus, porém o ponto de partida é o amor de Deus. Relembre o que você ouviu na Santa Missa:

“Depois disto, que dizer ainda? Se Deus é por nós, quem será contra nós? Deus, que não poupou seu próprio Filho, mas o entregou por todos nós, como é que, com ele, não nos daria tudo? Quem acusará os escolhidos de Deus? Deus, que justifica? Quem condenará? Cristo Jesus, que morreu, mais ainda, que ressuscitou e está à direita de Deus, intercedendo por nós?”.

Nenhuma situação humana é impedimento para que Deus, no amor de seu Filho, acolha cada pessoa.
“Completou-se o tempo, e o Reino de Deus está próximo. Convertei-vos e crede na Boa-Nova” .
A voz do Senhor continua a nos chamar como discípulos missionários e nos desafia a orientar toda nossa vida a partir da realidade transformadora do Reino de Deus, que se faz presente em Jesus. Vamos acolher com muita alegria esta Boa-nova. Deus amor é Pai de todos os homens e mulheres, de todos os povos e raças. Jesus Cristo é o Reino de Deus que procura demonstrar toda sua força transformadora em nossa Igreja e em nossas sociedades. Nele Deus tem nos escolhido para que sejamos seus filhos com a mesma origem e destino, com a mesma dignidade, com os mesmos direitos e deveres vividos no mandamento supremo do amor. O Espírito colocou este germe do Reino em nosso Batismo e o faz crescer pela graça da conversão permanente graças à Palavra de Deus e aos sacramentos”.

“A Conversão é a resposta inicial de quem escutou o Senhor com admiração, crê nele pela ação do Espírito, decide-se ser seu amigo e ir atrás dele, mudando sua forma de pensar e de viver, aceitando a cruz de Cristo, consciente de que morrer para o pecado é alcançar a vida. No Batismo e no sacramento da reconciliação se atualiza para nós a redenção de Cristo” .

Os discípulos de Jesus foram chamados e formados por ele para viverem uma vida nova. Não foi fácil viver com eles o processo de transformação e de mudança de mentalidade. Também somos convidados a nos converter; um caminho que dura a vida toda! O jeito de viver no Reino de Deus transforma as pessoas por dentro e as conduz a serem uma influência na sociedade.
Abrindo-nos aos apelos de mudança, o espírito quaresmal nos leva a rever os passos que damos e recomeçar uma vida nova. A segunda semana nos oferece um roteiro iluminado pelo Documento de Aparecida, para a meditação de cada dia.

Termine seu retiro do dia acompanhando as orações para a 2º semana

Leituras: Gn 22, 1-2.9a10-13.15-18
Sl 11 5 (11 6), 10.15.16-17.18-19 (R/. Sl 11 4,9)
Rm 8, 31b-34
Mc 9, 2-10

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.