Retiro Popular - 15 de março

Terceira semana da Quaresma

O Pão da Palavra

As situações mais difíceis encontram o caminho em Jesus, Salvador do mundo. Ele restaura a pessoa humana por dentro. A proposta da leitura orante da Palavra de Deus é destinada a estabelecer este contato diário com a Palavra! Lembre-se dos passos indicados no início do Retiro.

Dia 15 de março, quinta-feira: 2Cor 5,17-21.

Cristo é o grande “reconciliador”, que confiou aos apóstolos a mensagem da reconciliação. Reconciliados com Deus, somos também nós apóstolos de um novo relacionamento com Ele e com o próximo.

Quarenta dias “de joelhos”

Oração pessoal e oração litúrgica, feitas em comum com a Comunidade. A oração mais
perfeita e mais completa da semana é a Missa de Domingo.
Estamos em campanha “em favor do Domingo”, especialmente do Domingo celebrado na Igreja, com a participação da família. Não custa insistir. Deixe que sua família se sinta de novo convidada à Missa, no Dia do Senhor. Depois, além da oração proposta pelo Retiro Popular, faça a visita ao Santíssimo Sacramento em sua Paróquia ou em outra Igreja.

– Reze a cada dia o Salmo 137:

– Ó Senhor, de coração eu vos dou graças, porque ouvistes as palavras dos meus lábios! Perante os vossos anjos vou cantar-vos e ante o vosso templo vou prostrar-me.

– Eu agradeço vosso amor, vossa verdade, porque fizestes muito mais que prometestes; naquele dia em que gritei, vós me escutastes e aumentastes o vigor da minha alma.

– Os reis de toda a terra hão de louvar-vos, quando ouvirem, ó Senhor, vossa promessa. Hão de cantar vossos caminhos e dirão: “Como a glória do Senhor é grandiosa!”

– Altíssimo é o Senhor, mas olha os pobres, e de longe reconhece os orgulhosos.
Se no meio da desgraça eu caminhar, vós me fazeis tornar à vida novamente;

– Quando os meus perseguidores me atacarem e com ira investirem contra mim,
estendereis o vosso braço em meu auxílio e havereis de me salvar com vossa destra.

– Completai em mim a obra começada; ó Senhor, vossa bondade é para sempre! Eu vos peço: não deixeis inacabada esta obra que fizeram vossas mãos!

O Jejum

Em nossos dias, pode acontecer que o que mais perturba um sadio recolhimento e uma disposição espiritual renovada sejam os sentimentos cultivados na alma, as imagens e as palavras.
Uma renúncia aos entraves que estão dentro de nossos corações será um caminho frutuoso para a Quaresma. Por isso, propomos o jejum da alma: renunciar à inveja, ao ciúme e às divisões, já que a novidade começa no coração de quem
tomou consciência primeiro! Esta será uma semana magnífica se você der o primeiro passo, começando em sua casa.

Quaresma de caridade

Nossa proposta é recordar as Obras de Misericórdia. As Corporais são: dar de comer a
quem tem fome; dar de beber a quem tem sede; vestir os que estão nus; visitar os enfermos; dar pousada aos peregrinos; remir os cativos e oprimidos; enterrar os mortos. As obras de Misericórdia Espirituais são: dar bons conselhos; ensinar os ignorantes; consolar os tristes; corrigir os que erram; perdoar as injúrias; sofrer com paciência
as fraquezas do próximo; rogar a Deus pelos vivos e defuntos. Para praticar nesta semana obras de misericórdia espirituais, promover a reconciliação em sua família, envolvendo especialmente os mais afastados.

:: Saiba com fazer o Retiro Popular

Extraído do livro “Crê no Senhor Jesus e serás salvo” (Retiro Popular 2007) de Dom Alberto Taveira Corrêa

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.