Nada é impossível

Palavras precipitadas, muitas vezes, saem de nossas bocas quando estamos passando por momentos de provação, as quais mostram em que nível a graça de Deus está em nosso coração. Se o coração está cheio de coisas boas, o que saem dele são coisas boas, mas se está cheio de coisas ruins, o que se pode esperar? Palavras do tipo “você não tem mais jeito; pode desistir, não vai mudar mesmo; não adianta tentar, isso é uma ilusão” são uma verdadeira maldição, elas têm o poder de intimidar um coração que está disposto a lutar.

Precisamos fazer de nossas palavras um elo que nos ligue ao poder de Deus, e assim, este [o poder do Senhor] pode arrebentar qualquer cadeia que queira nos aprisionar, sejam elas feridas, mágoas, tristezas e até mesmo maldições. Pois o Senhor nosso Deus pode revogar qualquer sentença e qualquer maldição que tenham pronunciado contra nós. Acredite! Hoje o Senhor quer revogar toda sentença que você esteja vivendo. Ele decreta uma nova sentença de vitória, que regerá seu rumo, para que você volte a lutar.

“O Senhor revogou a sentença pronunciada contra ti, e afastou o teu inimigo. O rei de Israel, que é o Senhor, está no meio de ti; não conhecerás mais a desgraça. Naquele dia, dir-se-á em Jerusalém: Não temas, Sião! Não se enfraqueçam os teus braços! O Senhor teu Deus está no meio de ti como herói Salvador! Ele anda em transportes de alegria por causa de ti, e te renova seu amor. Ele exulta de alegria a teu respeito” ( Sof. 3,15-17).

Nosso Deus tem todo o poder para quebrar todas as sentenças feitas pelos homens. Ele pode mudar todos os decretos e transformar pessoas que já estavam derrotadas em pessoas abençoadas. Quando um homem é marcado por Deus para a vitória, mesmo que este já tenha sido marcado para a morte, ele é igualmente fortalecido na fé, para dar glória ao Senhor diante de todos os desafios.

Precisamos ter um grande cuidado com nossas palavras, porque elas têm o poder de construir e destruir! Mesmo pessoas queridas e amigas, – se não forem conduzidas pela sabedoria de Deus –, podem dizer palavras que parecem ser de solidariedade, mas, no fundo, são sentenças que vão minar nossa confiança no Senhor. Quem é que nunca ouviu um amigo dizer isso para nosso consolo: “Coitadinho!” Ou: “Como conseguiram fazer isso com você?”… É assim que nos impedem de assumir a postura que Deus deseja de nós diante dos problemas, a qual precisa ser uma postura de fé, confiança e perdão.

Se nos permitirmos maus pensamentos, estaremos caminhando em direção à derrota, e por fim, seremos tomados pelo abatimento. Em cada situação de nossas vidas, a sentença deve ser de Deus, que é cheia de graça e misericórdia. “Bem conheço os desígnios que mantenho para convosco – oráculo do Senhor -, desígnios de prosperidade e não de calamidade, de vos garantir um futuro e uma esperança” (Jr 29, 11).

A sentença de bênção e vitória do Senhor Deus continua principalmente nos dias de tribulação… Precisamos, com inteligência, nos agarrarmos às promessas do Senhor e acreditar que elas prevalecerão sobre tudo.

Nosso Pai cuida de nós e tudo proverá para que verdadeiramente sejamos vencedores.
Amém.

A Alegria está no coração de quem já conhece a Jesus!

Seu irmão,

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.