Já não sei viver sem teu amor (continuação)

Muitas crianças dão trabalho para comer, mas a mãe faz de tudo e inventa mil maneiras para que a criança possa comer porque sabe que a alimentação é necessária. Muitos pediatras até aconselham deixar a criança sentir fome, mas a mãe não agüenta esperar ela sentir fome e luta contra aquela indisposição da criança. A mesma coisa acontece com a criança que está dentro de você que infelizmente é indisposta para a adoração, mas você luta e insiste contra essa indisposição.

Quando se luta, a indisposição vai sumindo e, quando menos esperar, verá que está adorando. Independente do tempo que a pessoa tem para adorar, aquele tempo é muito precioso e não é em vão. Deus sabe da sua indisposição e do pecado original que está em você. Ele vê seu esforço e sua luta.

É claro que você gostaria de fazer uma oração gostosa, que faça esquentar por dentro. Mas Deus viu o seu esforço e para Ele valeu. Você pode não ter percebido, mas tudo o que precisava aconteceu. Basta ficar diante do sol para ele causar efeito em você. Mesmo que o dia esteja nublado e a todo instante uma nuvem cubra o sol, tenha certeza de que os raios ultrapassaram aquelas nuvens e atingiram você. O fato de ter ficado exposto naquele lugar fez os raios do sol atingir a sua pele.

Assim também acontece com a adoração. É isso que quer dizer adorar em espírito e verdade. Você adora a partir da sua verdade, e a sua verdade naquele dia infelizmente era estar indisposto para adorar. Você não foi falso e adorou em verdade. Por muitas vezes sentirá essa indisposição porque ela vem do pecado original, mas você sempre estará partindo da verdade, portanto, estará sempre adorando em espírito e verdade.

:: Voltar

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.