luta interior

Bem me quer, mal me quer

Estive observando a luta que se trava entre o bem e o mal que, naturalmente, trazemos em nosso interior. Não sei se você já viveu a experiência de falar algo bom e ser compreendido como uma ofensa… Inclusive, é uma experiência nada boa!

Vivendo-a esses dias, fiz o esforço de não parar na decepção, tentando entender o porquê de tal interpretação. Lembrei-me daquela frase tão conhecida: “para os puros de coração todas as coisas são puras”. De forma que Deus me fez pensar na história desta pessoa e, assim, pude perceber quantas dores, decepções e até feridas ela trazia em sua alma. Fui tomada por um sentimento de misericórdia e compaixão.

Bem me quer, mal me quer

Foto ilustrativa: nndanko by Getty Images

O bem tem de vencer!

Mas lembrei-me também de Santa Teresa D’Ávila, que diz: “Quero que prestes muita atenção, a fim de que o demônio e tua fraca inteligência não te façam obrigar outras pessoas a viver como tu vives”. Ou seja, o respeito para com o outro é muito importante aos olhos de Deus e faz bem ao coração. Nem tudo o que pensamos vale a pena ser dito. E as dores e feridas de nossa alma não podem ser o canal por onde passam nossas palavras. Na luta entre o bem e o mal, o bem tem de vencer, pois somos filhos daquele que venceu toda maldade.

Leia mais:
::Como a minha fé pode ajudar neste tempo de incertezas?
::Isolamento social é um ato de amor
::Como manter a saúde em tempos de quarentena?
::Acompanhe celebrações da Santa Missa!

Talvez, hoje, seja um ótimo dia para pensarmos por onde têm passado nossas palavras, antes de serem expressas… Peço a Deus que Ele fale sempre por mim e que minhas palavras não passem por minhas misérias, e sim, por seu coração misericordioso.

Se você quiser, pode fazer agora esse mesmo pedido!

Leia mais:
::Playlists para você maratonar
::Solidariedade, único remédio para transformar cenários tristes
::Oração do Escudo do Sagrado Coração contra pandemias e epidemias

banner espiritualidade


Dijanira Silva

Missionária da Comunidade Canção Nova, desde 1997, Djanira reside na missão de São Paulo, onde atua nos meios de comunicação. Diariamente, apresenta programas na Rádio América CN. Às sextas-feiras, está à frente do programa “Florescer”, que apresenta às 18h30 na TV Canção Nova. É colunista desde 2000 do portal cancaonova.com. Também é autora de livros publicados pela Editora Canção Nova.

 

 

comentários