Vida: dom de Deus para as criaturas

A cada novo dia e diante das circunstâncias diversas, procuremos admirar a beleza da criação, a presença de Deus na criatura e respondamos carinhosamente com uma palavra ou gesto de amor.

O nosso Deus é o Deus da vida, Ele ama a vida, quer vida. Ele é a fonte geradora e conservadora da vida.

Deus nos cria porque ama e nos cria para Ele, para o amor. Quem ama quer vida. Deus nos chama à vida.

Vocação – Caminho de todos

Vocação sempre indica um chamado. E quem chama sempre deseja alguma coisa da pessoa a quem chama.

Deus, ao chamar, antes de pedir Ele dá.

Deus, chamando o homem, lhe dá a vida, a existência, e com a vida, dá-lhe também a liberdade.

Deus não quer assim agir sozinho. Por isso, quando Deus chama, Ele espera uma resposta, pois está confiando ao indivíduo uma missão.

O chamado de Deus é sempre um desafio.

– Ao sermos chamados à vida nos é confiada uma missão de sermos felizes com outros e que assim todos possamos viver bem.

– Ao sermos chamados à fé, pelo batismo, nos comprometemos a seguir os ensinamentos de Jesus Cristo colaborando com os homens na busca da verdade.

– Ao sermos chamados a um determinado estado de vida (sacerdotal, religioso, matrimonial)assumimos um compromisso com a comunidade eclesial.
Para que isso aconteça, é indispensável que cada um faça desabrochar a vocação que está em seu interior.

As capacidades e dons que temos devem estar voltados para as necessidades dos outros.

Quanto mais o homem está voltado para o outro, mais realizado e feliz será.

O verdadeiro amor é o que busca a felicidade do outro e não a própria.

Vocação é oferta divina que exige uma resposta e um compromisso com Deus.

A resposta do homem deve ser constantemente reassumida. É no dia-a-dia que se vai fazendo caminho e assumindo o ‘sim’.

Vocação é descoberta do próprio ser pessoal.

O amor é gratuito.

Todo homem é chamado a aperfeiçoar a bondade que existe, em germe, em seu interior, a descobrir a sua vocação, a construir um mundo fraterno onde haja sol e vida para todos.

Vocação é um convite pessoal, que Deus dirige a cada um. Cada ser humano tem algo de pessoal, e uma maneira pessoal de realizá-lo.

Ao descobrir sua vocação, o homem está descobrindo-se a si mesmo. Daí a necessidade de permanecer atento a tudo, para perceber a própria vocação.

Seguir uma vocação é buscar incansavelmente uma resposta aos próprios anseios.

Todo homem é chamado a decidir-se, a assumir os valores descobertos em si e não poupar esforços para alcançar os objetivos propostos.

Seguir uma vocação é viver a vida com intensidade. É responder aos apelos de Deus.

É renovar, converter-se, ir além, superar-se constantemente.

Seguir uma vocação é dar grandeza ao coração.

É seguir o apelo divino que chama para uma missão, para um serviço.

Vocação é ponto de partida.

Descobri-la é uma das condições para alcançar o ponto de chegada.O importante é partir…

Se Deus me ama tanto, se me escolheu na obra da criação para ser Pessoa, Ele me convida a viver sua vida e sua felicidade. Convida, não impõe; deixa livre.

O coração de Deus é inflamado de amor por sua criatura, por isso cada um de nós devemos aprender a buscar sempre.

Assumir, empenhar-se e não apenas aspirar, sensibilizar-se passivamente.

Ser perseverante nas buscas, para conseguir amar e servir sempre na alegria ou na tristeza.

E assim pedirei neste momento:

Ouvido de discípulo:

Quais os ruídos que vieram junto com os ‘toques’?

Coração Amado:

Acolhi os toques de Deus como ‘amor gratuito’?

Como amei as pessoas e acontecimentos que entraram hoje (pela minha porta) pelo meu coração?

Querer de caminhante:

Quis abrir minha vida para a novidade do ‘seguimento de Jesus’?

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.