Todo filho imita o Pai

“Portanto, deveis ser perfeitos como o vosso Pai celeste é perfeito.” (Mt 5,48)

Todo filho quer imitar o pai.

Também nós cristãos, como somos filhos de Deus, devemos ter Deus como modelo.

Mas, como imitaremos a Deus se ninguém nunca o viu?

Quem me vê, vê o Pai, disse Jesus.

Ou seja, Jesus Cristo é o modelo.

É isso que significa seguir a Cristo.

Por isso que São João escreve:

“Veio para o que era seu e os seus não o receberam. Mas a todos que o receberam deu o poder de se tornarem filhos de Deus.” (Jo. 1,11-12)

Somos vocacionados (chamados, convidados, pois Deus respeita nossa liberdade) a sermos filhos Seu.

Cabe a nós dizermos de forma consciente e responsável SIM!

Cabe a nós dizermos:

Pai, quero ser teu filho,

Pai, ensina-me a ser teu filho,

Pai, dai a mim a luz para fazer a vossa vontade, pois só assim serei de fato filho Teu
“Porque aquele que fizer a vontade de meu Pai que está no Céu, esse é meu irmão, irmã e mãe.” (Mat. 12,50),

Pai, que eu seja amor, pois Vós sois amor,

Pai, que eu saiba promover a paz, pois:

“Bem-aventurados os que promovem a paz, porque serão chamados filhos de Deus”.
(Mat. 5,9)

Escolhamos os oprimidos deste mundo, pois são estes os prediletos de Jesus,
Esforcemo-nos para sermos o sal da terra e luz do mundo. (Mat. 5,14-15)

Tentemos perdoar os que nos perseguem pois, “deste modo vos tornareis filhos do vosso Pai que está nos céus”. (Mat. 5,44-45)

Completa o Mestre Jesus:

“Portanto, deveis ser perfeito como o vosso Pai celeste é perfeito”. (Mat. 5,48)

O infinito amor que Deus tem por nós requer COMPROMISSO de nossa parte.

Que nós nos lembremos sempre do espanto dos discípulos ao ouvirem Jesus falar:

“Ao ouvirem isso, os discípulos ficaram muito espantados e disseram: “quem poderá então salvar-se?” Jesus, fitando-os disse: Ao homem isso é impossível, mas a Deus tudo é possível.” (Mat. 19,25-26)

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.