Sou Ignorante?

Muita gente ao ouvir esta palavra acaba lembrando ou associando-a a algo grosseiro, estúpido, mal educado e etc., ou melhor acaba associando tudo isso sempre a uma segunda ou terceira pessoa e acaba até lembrando de alguém que demostrou um desses tipos de comportamento com a sua pessoa.

Com certeza você além de ouvir já até pronunciou este termo: Mas “fulano é um ignorante mesmo”. Pode acreditar que de uma forma ou outra, somos mesmo “IGNORANTES ” e muitas vezes sofremos com essa ignorância.

Não se assuste, somos mesmo de uma maneira ou outra IGNORANTES e tem gente que é até demais e outros são das duas formas.

Ignorante: Que, ou quem ignora. Que, ou pessoa que não tem instrução; inculto, iletrado. (Dicionário completo da língua portuguesa – Folha da tarde)

Mas esta ignorância que venho te falar aqui é esta que acabamos de ler acima, é a ignorância do desconhecimento e com isso acabamos sofrendo e sofrendo fisicamente com ela, por ex. VARICOCELE.

Você já viu esta palavra antes? Sabe o que significa ou é um ignorante neste assunto?

Varicocele (varizes do escroto)
Varicocele, também chamada de varizes do escroto, é a dilatação das veias do cordão espermático, estrutura facilmente palpável na raiz do escroto. O sangue venoso corre em direção ao coração. Algumas veias possuem válvulas que impedem o sangue de correr em sentido contrário, por força da gravidade ou outros fatores. Na Varicocele, as válvulas das veias do cordão espermático são incompetentes ou inadequadas, permitindo que o sangue reflua e nelas se acumule, provocando dilatação das veias correspondentes. A Varicocele pode ocorrer em um ou ambos os lados do escroto, sendo que é cerca de 90% mais freqüente do lado esquerdo, por razões anatômicas. Incide em cerca de 15% da população masculina geral e em aproximadamente 40% dos homens inférteis. Ocorre principalmente dos 15 aos 30 anos de idade.

Tenho 33 anos e durante um longo tempo de minha vida sofri muito com esta ignorância, a última coisa que eu pensaria um dia é que eu poderia Ter Varicocele.

Durante toda minha adolescência, juventude e até a pouco tempo atrás (4 anos), posso dizer que eu era um “IGNORANTE” no que se refere a educação sexual e infelizmente por ignorância espiritual tive uma vida sexual ativa e desregrada durante quase toda esta fase da minha vida.

Desde meu encontro pessoal com JESUS e decisão por Ele (dezembro de 98) vivo pela graça de DEUS com muita luta e esforço a castidade (6º mandamento). Não posso negar e deixar de falar aqui que esta graça é um dos meus maiores “troféus” em DEUS e uma das minhas maiores vitória no que se refere a “viver o PHN”, é que nós homens PHN quando optamos pelo tal, temos uma vida totalmente casta no que se refere a vida sexual e sendo solteiros ou celibatários não temos uma vida sexual ativa, não temos a prática do ato sexual e ao contrário que se fala e prega por aí, entendemos que o ato sexual é reservado para depois do casamento, não nos masturbamos e isso já é caso encerrado e entendido na vida de um cristão PHN.

Sabemos também que o homem quando vive esta situação, convive também com uma outra situação que denominamos de “polução noturna”

Polução – Emissão involuntária de esperma (fonte – Dicionário Aurélio).

Conviver com a polução noturna é uma situação normal e natural no meio dos homens de DEUS desde o início de nossa história.

“Se houver alguém impuro por polução noturna, saia para do fora do acampamento e para ali não volte, ao cair da tarde deverá banhar-se em água e ao por do sol poderá entrar no acampamento – Dt 23, 10 -12”

Entendemos que o motivo desta ordem que acabamos de ler era claramente parte da regra dos cuidados de higiene e saúde daquele povo liderado por Abraão que vivia no deserto e isto também nos faz lembrar que naquela época este mesmo povo já vivia o PHN dentro da castidade.

Desde o início das minhas primeiras poluções noturnas pude constatar um diagnóstico diferente, o caso é que sempre que estava nos períodos de pré-polução eu sentia umas dores físicas que eu sempre achava que não eram normais, mas por ignorância, orientações e formações errôneas acabavam ficando na ignorância e sofrimento. Observei também que no período de namoro, devido a convivência afetiva mais constante essas dores aumentavam.

Busquei um médico e tamanha foi minha frustração e maior meu drama pois este médico ao fazer minha história clínica e sexual chegou a conclusão também errônea e IGNORNTE. Sua conclusão era que devido eu ter durante um longo período de minha vida uma vida sexual ativa e vício intenso da masturbação, o meu organismo estava reclamando o porque de tal mudança de hábito e com isso eu estava com as dores nos testículos e meio estressado.

Graças a DEUS e para aumentar meu drama, sou músico de sopro (saxofonista – gaitista e flautista) e sempre que eu acabava as apresentações eu me sentia como se meus testículos fossem explodirem, o motivo era que o sopro intensificava e aumentava a pressão nos testículos. Lembro das minhas orações de súplicas antes de dormir nas noites após os shows e programas pedindo a Deus uma polução noturna para que aliviassem as dores.

Mal sabia eu que vivia um sofrimento por ignorância, por falta de informação no assunto. Procurei outro médico, desta vez um médico católico batizado e evangelizado e descobri que eu apresentava um quadro clínico simples e comum chamado Varicocele, quadro este fácil de ser corrigido através de uma cirurgia simples e por eu não ter detectado e tratado antes estava afetando quase toda minha possibilidade de fertilidade.

“Honra o médico, porque ele é necessário; foi o altíssimo quem o criou – Eclo 38,1”

Para mim este versículo do livro do eclesiástico esclarece todo o porque que devemos respeitar e recorrer sim a medicina em certas situações de nossas vidas ao invés de ficarmos achando que estamos em “batalha espiritual”, tem muita gente por aí que sofre fisicamente por ser ignorante. Não quero dizer que você deve deixar de rezar e pedir orações pela cura das suas enfermidades.

Há 22 dias atrás, fui submetido a uma cirurgia de varicocele e hoje estou me recuperando da mesma, graças a DEUS e aos médicos posso dizer que desta ignorância e aquelas dores físicas eu não sofro mais.

Com isso, eu quero dizer a você jovem PHN:

– Você pode detectar este diagnóstico apartir deste artigo ao invés de achar que você não é normal se estiver sentindo dores demasiadas nos testículos, lembre-se que 15% da população masculina sofre de varicocele.
– Se você tem sente os sintomas, procure um médico e se ele te falar que não é nada e te aconselhar a pecar contra a castidade para aliviar suas dores reze por ele nas suas orações e procure outro. Um médico Cristão evangelizado nunca te dará este conselho.
– Procure se informar sobre a Varicocele e outras doenças congênitas que poderá acontecer com você e se te acontecer, nunca culpe DEUS mas aceite o que está te acontecendo, este é o primeiro passo para a cura. Deus sempre tem o controle de tudo e tudo que Ele faz é bom perfeito e na hora certa.
– Mulheres, cuidado com o câncer de mama…

No mais, sermos homens e mulheres de DEUS é uma graça e Dom gratuito D’Ele e a sua sabedoria também e isso tudo quando auxiliado por uma boa orientação e uma boa e simples leitura poderá nos ajudar a não ser-mos “IGONRANTES”.

Agradeço a DEUS e aos médicos Dr. José Alexandre e Dr. Edilson (Vitória-ES) e Dr Delano C. Azevedo (Cruzeiro-SP) por serem a voz e mãos de DEUS em minha vida.

Os sintomas da varicocele são diversos e os mais comuns são, aumento no tamanho da bolsa escrotal, dores intensa nos testículos, você pode fazer um auto exame mordendo o dedo e soprando como se você estivesse tocando sax, se sentir dores na região escrotal não perca tempo procure um médico urologista.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.