Radicalidade + PHN

Não estou tentando criar uma nova versão do PHN, mas para se vivê-lo bem, é preciso radicalidade. A autenticidade do “Por hoje não vou mais pecar”, requer uma decisão radical de não aceitar nenhuma espécie de pecado em nossa vida.

Muitas das vezes, não conseguimos viver o PHN, porque queremos assumir tudo de vez. O pecado se vence com decisões fortes e constantes, não de uma só vez, mas com radicalidade e perseverança. É necessário viver o PHN.

Se fizermos um propósito por dia, mas sendo radical, funciona. E não pensar assim: nunca mais vou cair em tal pecado; podemos cair em um erro e sabemos que somos fracos, se um dia não formos fiéis, vamos nos desesperar por não ter cumprido o propósito assumido. Mas se assumimos por dia, vai ser mais fácil e compensador, porque não vai ser peso para cada um de nós.

O PHN, veio para levantar uma juventude que busque a Deus com profunda radicalidade. Os dois juntos formarão em nossa vida uma grande fortaleza dentro de nós na luta contra o pecado.

A radicalidade com eficácia e tenacidade fortalece a nossa vivência do Por Hoje Não e faz com que não o vivamos de qualquer maneira.

Dizer NÃO ao pecado pode ser fácil (pois pode ser da boca para fora), mas assumir com radicalidade, dar um novo peso e levar ao compromisso mais sério, porque quem assume com radicalidade, viver por uma opção pessoal.

Ninguém obriga o outro a ser radical ou viver o PHN, mas cada um por si mesmo, toma decisão e opta pela santidade, diz não ao pecado. Pois quem convence a cada um de nós a respeito do pecado é o Espírito Santo.

A experiência do PHN para mim, tem sido muito real, principalmente quando a cada dia em minha vida, vejo pecado ou situação de pecado, procuro vencer e lutar contra cada pecado por vez, todos os dias. Pois percebi que não posso vencer todos os pecados de uma só vez, mas a cada dia digo “Por Hoje Não”! E também quando fiz a opção de viver a radicalidade em Jesus junto com o PHN tem sido um ótimo remédio em minha vida na luta contra o pecado e na busca pela santidade.

Posso dizer com toda certeza que ser radical em Jesus é assumir e encarar a santidade de maneira diferente e alegre. Não tenho permitido em minha vida, nenhuma espécie de pecado, mesmo que se pareça “bobo”, pois é do tal pecado “bobo” que se abre a porta para um pecado grande, onde pode até me levar à minha ruína.

A vivência do “Por Hoje Não” e da radicalidade tem crescido dentro de mim de maneira progressiva. Tenho vivido a leitura e o estudo da Palavra de Deus de maneira nova, a Santa Missa, a adoração e a confissão, de maneira muito mais séria que antes. A radicalidade me leva ao compromisso.

Vejo que Jesus sempre foi radical! Nós não podemos ser menos que Ele.
Portanto, esta dobradinha: Radicalidade + PHN, é um antídoto que dá certo para a santidade.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.