Qual é a sua tática?

Aos católicos menos instruídos sobre a obra de aperfeiçoamento da alma, infelizmente, muitas vezes parece o contrário. O trabalho, a ação: segundo sua idéia, são estes o eixo da atividade. Mas não é assim. A oração, sobretudo a oração, é a arma eficaz na luta pela liberdade e pela felicidade da alma.

E por que somente os meios sobrenaturais conduzem a um fim sobrenatural. O paraíso- vale dizer, se é lícito exprimir-se desta maneira, a divinização da alma- é uma realidade sobrenatural no significado pleno do termo. Por conseqüência, não se pode alcança-lo com forças naturais. Aqui é indispensável também um meio sobrenatural, a graça divina. E esta se obtém com a oração humilde e confiante. A graça, somente a graça, ilumina o intelecto e reforça a vontade, é a causa de transformação, ou seja, da libertação da alma dos legados do mal.

Todavia, uma oração elevada a Deus pelas mãos da imaculada não pode permanecer sem efeito, como é dito na inovação de São Bernardo: ‘Lembrai-vos, ó piedosíssima Virgem Maria, que nunca se ouviu dizer que alguém, após Ter recorrido à vossa proteção, tenha sido por vós abandonado’. Antes de tudo, pois, a oração, confiante, constante (…).

Enfim, o amor ao próximo. Amar o próximo, mas não pelo fato de que este é ‘simpático’, últil, rico, influente ou somente porque é reconhecido. São motivos muito mesquinhos, indignos de um mílite ou de mílite da Imaculada. O amor autêntico se eleva além da criatura e mergulha em Deus: Nele, por Ele e por meio Dele ama a todos, bons e maus, amigos e inimigos.

A todos estende a mão cheia de amor, por todos reza, por todos sofre, a todos deseja o bem, a todos deseja a felicidade, pois é Deus que assim quer!…

Aquele que, com a oração à Imaculada sobre os lábios ou no fundo do coração, purificado do sofrimento e inflamado por um ardente fogo de amor, faz aquilo que pode para ganhar o maior número de almas para Deus através da Imaculada, libertá-las dos laços do mal, torná-las felizes, este, somente este, celebrará triunfo.

São Maximiliano Kolbe
Fonte: Revista Milícia da Imaculada

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.