Onde estava Deus no dia11 setembro?

Muitos de nós escutamos esta pergunta nos últimos dias: Onde estava Deus, quando as Torres gêmeas de Nova York e o Petágono foram atacados? Bem, quero dizer que eu sei onde estava.

Deus na manhã de 11 de setembro de 2001. O nosso Deus, estava muito ocupado. Deus estava distraindo as pessoa que pensavam em pegar seus vôos da Aerolíneas Americam e United. Os quatro aviões juntos teriam capacidade para 1000 passageiros, mas nessa manhã só viajaram 266.

Deus estava a bordo dos quatro aviões, cuidando um trágico destino. Ele estava dando calma aos aterrorizados passageiros em cada avião. Nenhuma das famílias que receberam as últimas chamadas de seus queridos dentro dos aviões, através de seus telefones celulares, disse que escutaram gritos de passageiros dentro do avião.

Deus estava com cada um deles dando-lhes consolo. E mais, Deus estava dando forças e coragem a três passageiros do avião que caiu na Pensylvania, para lutarem contra os seqüestradores e assim se pudesse evitar uma tragédia maior.

Deus estava muito ocupado, criando obstáculos para milhares de empregados das Torres gêmeas. Depois de tudo, somente 20.000 pessoas estavam nas torres quando o primeiro avião bateu. Nos edifícios juntos trabalham cerca de 50.000 pessoas. Muita gente que trabalha nas Torres disse a imprensa que tinha mau pressentimento, e ficaram com medo, seus despertadores não tocaram, perderam o ônibus, perderam o trem, etc…etc… e chegaram tarde ao trabalho… e se salvaram.

Depois que os dois aviões cumpriram seu macabro objetivo, Deus estava sustentando,com suas mãos, as torres de 110 pisos cada uma para que milhares de pessoas tivessem tempo de escapar. E quando finalmente já não pode com o tremendo peso das paredes de cimento e vigas de aço, as torres ruíram, e ruíram para baixo, e não para os lados. Isto também foi um milagre, pois se as torres não tivessem caído para baixo, haveriam arrasado com mais de vinte quadras ao redor e milhares mais haveriam morrido.

…E quando as torres desabaram… Deus abriu os braços e recolheu a 6.000 de seus filhos e os levou com Ele ao céu, repetindo-lhes uma e mil vezes,até a exaustão, que ‘o pior já passou; agora estão comigo, não sofram, porque ao meu lado gozarão de vida eterna‘.

Quando Deus chegou às portas do céu, ali depositou as 6.000 almas que recolheu e logo caminhou e se sentou sobre uma pedra; cobriu o rosto com as mãos e chorou… Sim, Deus chorou… Chorou pela alma de 19 de seus filhos que não pode salvar e que se perderam pra sempre no inferno, por terem vivido com tanto ódio em seus corações.

E isto não foi tudo… Deus desceu de novo à terra para dar consolo e resignação a cada uma das viúvas que perderam seus esposos, a aos esposos que perderam suas esposas, e aos filhos que perderam seus pais que perderam seus filhos, e se chegou à casa de cada uma das pessoas que foram afetadas por esta tragédia, dando-lhes força e valor para seguir adiante com suas vidas.

E meu Deus seguirá sempre com todos nós. Ele é a força, é motor, e pilar de nossas vidas; Ele nunca nos abandona nos momentos difíceis. Sendo assim, se alguém te pergunta ‘… e onde estava Deus em 11 de setembro de 2001?’, diga-lhe com muito orgulho e certeza que… DEUS ESTAVA POR TODOS OS LADOS. Apesar de todos os danos e da magnitude desta tragédia, eu vejo o milagre de Deus em cada parte dela.

Enviado via e-mail.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.