O Sentido da Vida

Inicio do século XIII. São Francisco de Assis foi um dos santos mais estimados, o que mais se aproximou do estilo de vida de Jesus Cristo. Francisco, na verdade chama-se João e era filho único de uma família Cristã, rica. A juventude de Francisco foi como a de muitos nobres de seu tempo: mundana e sem sentido.Não foi feliz na profissão do pai, tentou ser um cavaleiro, mas também não se realizou. Em 1206, encontrou o verdadeiro sentido de sua vida: o Cristo pobre e humilde.

Abandonou tudo e passou a viver mendicância. Pobre, passa a servir os mais pobres e doentes seguindo à rica o Evangelho, amando a todas as criaturas, inclusive os animais. Sua vida estimula muitos se doar a Jesus, nos convida ao diálogo e a convivência com os animais, a pobreza total; renúncia aos bens paternos; contato direto com os enfermos, etc.

Hoje, quando o ser humano parece buscar a alegria e a felicidade nos bens materiais, no poder, na concupiscência, Francisco ao contrário, é modelo de total entrega a Deus.

Ruptura com o passado e com as correntes que dificultam o seguimento de Jesus Cristo. Vida desapegada dos bens e estruturas que tornam a vida do homem menos digna. Amor e respeito à natureza, obra da criação de Deus;
Dedicação e respeito à Igreja, que apesar de sua limitações pode ser transformada pelo amor, pela escuta da palavra de Deus, pela humanidade e pela dedicação a todos, especialmente aos mais pobres e sofredores.

No dia de São Francisco, rezemos em oração que ele mesmo nos deixou:

Senhor, fazei-me um instrumento de vossa paz.
Onde houver ódio, que eu leve o amor,
Onde houver ofensa, que eu leve o perdão
Onde houver discórdia, que eu leve a união,
Onde houver dúvidas, que eu leve a fé,
Onde houver erro, que eu leve a verdade,
Onde houver desespero, que eu leve a esperança,
Onde houver tristeza, que eu leve a alegria,
Onde houver trevas, que eu leve a luz.
Mestre, fazei que eu procure menos
Ser consolado do que consolar,
Ser compreendido do que compreender,
Ser amado do que amar.
Pois é dando que se recebe,
É perdoando que se é perdoado,
É morrendo que se vive para a vida eterna!

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.