Nossa Senhora de Guadalupe: a História

A explicação sobre Nossa Senhora, as aparições e o papel da virgem na conversão dos mexicanos.
Metade da América, o Novo Mundo, 1521: a capital do Império Azteca cai ante as forças do espanhol Cortéz. Menos de 20 anos mais tarde 9 milhões dos habitantes, que professaram por séculos uma religião politeísta que incluía sacrifícios humanos, tinha se convertido ao Cristianismo. O que ocorreu ao longo desses tempos produzindo incríveis conversões?

Em 1531 uma Senhora do Céu apareceu a um pobre índio numa serra a noroeste da atual cidade de México; ela se identificou como a Mãe do verdadeiro Deus, lhe encarregou de pedir ao bispo para construir um templo naquele lugar e deixou uma imagem sua impressa milagrosamente em sua tilma (manto), um tecido de cactus de pouca qualidade que se deterioraria em 20 anos, porém, que não mostra sinais de corrupção 469 anos depois e ainda desafia toda explicação científica sobre sua origem.

Inclusive parece ainda refletir em seus olhos o que havia diante dela em 1531!
Sua mensagem universal de compaixão e amor, e sua promessa de ajuda e proteção para toda a humanidade, se encontra relatada no ‘Nican Mopohua’, documento escrito no século 16 na linguagem nativa, Nahuatl.

Há razões para crer que na serra Tepeyac Maria veio em seu corpo glorificado, sendo suas mãos físicas as que acomodaram as rosas no tilma (manto) de Juan Diego, onde ficou gravada esta aparição tão especial.

Uma incrível lista de milagres, curas e intervenções são atribuídas àquela Virgem. Estima-se que cada ano mais de 10 milhões de pessoas visitam sua Basílica, fazendo de sua casa na cidade de México o Santuário Mariano mais popular do mundo, como também a Igreja católica mais visitada depois do Vaticano.

Ao todo 24 Papas honraram de forma oficial Nossa Senhora de Guadalupe. Sua Santidade, João Paulo II visitou sua Basílica em três oportunidades: durante sua primeira viagem ao exterior como Papa em 1979, a segunda vez em 1990 e a última em 1999.

A Festa de Nossa Senhora de Guadalupe é celebrada no dia 12 de Dezembro. Em 1999, sua santidade João Paulo II, em sua homilia durante a Missa Solene na Basílica de Guadalupe declarou a data do 12 de Dezembro coma a comemoração litúrgica da Festa para todo o continente das Américas.

Durante a mesma visita o Papa João Paulo II confiou “a causa da vida” a sua proteção, e encomendou a seus cuidados maternais as vidas inocentes das crianças, especialmente aquelas que se encontram em perigo de não nascer.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.