Natividade de NossaSenhora

Gostamos de celebrar o aniversário de pessoas queridas. Gostamos, porque elas existem, nós as amamos, elas nos amam, fazem parte de nossa vida e de nossa felicidade. Pelo seu aniversário, temos a oportunidade de celebrar sua vida, dom humano maior de sua existência.

No dia oito de setembro celebramos o natalício de nossa Mãe celeste. Sendo tão cara aos nossos corações, tão importante para nossa vida de fé e de caridade, intercessora e protetora tão significativa na caminhada de nossa vida pessoal, familiar e eclesial, por certo, queremos celebrá-la, parabenizá-la e alegrá-la no dia do seu aniversário.

Você já celebrou, alguma vez, o aniversário de Nossa Senhora, de forma muito carinhosa, jubilosa, afetiva e íntima?
Naquele dia você se sentiu muito próximo, bem junto dela, como um filho carinhoso junto de sua mãezinha aniversariante?
Você ainda recorda o que lhe disse naquele dia?
Lembra o que lhe ofereceu de presente pelo seu aniversário?

Bem. Estas perguntas têm a finalidade primeira de despertar sua memória, de animar e preparar seu coração para que o aniversário dela não seja esquecido, mas ao contrário, seja aguardado com filial expectativa, para ser celebrado como a Mãe bem o merece.

Qual seria a causa de a festa do aniversário de Nossa Senhora ser tão pouco divulgada? Se você fizer uma pesquisa entre os seus conhecidos, católicos praticantes, e lhes perguntar qual é o dia do aniversário de Nossa Senhora, terá surpresas… A grande maioria não sabe! Alguns até ficarão espantados com sua pergunta! Não os estou denunciando. Com certeza nunca foram estimulados, ou até ensinados a conhecer e celebrar essa festa tão significativa de nossa Mãe celeste!

Lembro muito bem da alegre surpresa que tiveram muitas pessoas, quando, ao iniciar a santa Missa num dia oito de setembro, perguntei se sabiam quem era a grande aniversariante do dia. Ninguém se manifestou!… Percebi os olhos delas brilharem quando lhes declarei o nome da aniversariante. Mais. Ao final da santa Missa, quando convidei a todos para cantarmos o “Parabéns a você”, vi algumas lágrimas marejarem os olhos de diversas pessoas. Com certeza elas jamais esquecerão o dia do aniversário de Nossa Senhora, pois a amam de todo coração.

Com certeza seu coração está fazendo duas perguntas. Primeira: quantos anos nossa Senhora completa em 2001?
Segunda: Existe algum registro ou documento de que nossa Senhora nasceu no dia oito de setembro?

Nenhuma dessas perguntas têm resposta bem determinada e definitiva. De fato, não possuímos documentos oficiais. Existem referências em alguns livros apócrifos que, aliás, narram o nascimento e a infância de Maria de Nazaré com generosos detalhes. Mas esses escritos não são oficiais. O certo é que desde tempos antigos a festa da “Natividade de Nossa Senhora” foi celebrada com sermões inflamados de amor, de engrandecimento de sua pessoa e missão, bem como de louvor a Deus, por tê-la chamado à vida exatamente para ser a Mãe do Messias.

Penso que o fato de não sabermos determinar o exato dia e o ano do nascimento de Nossa Senhora, não empalidece o nosso amor que deseja celebrá-la com tanta alegria e satisfação. Com certeza, celebrada já por muitos séculos nesta data, Maria acolhe com total afeição materna os nossos corações que a celebram e lhe cantam o “Parabéns, Mãezinha”, neste dia oito de setembro.

Que presentes podemos lhe oferecer nesta data? – Ela gosta muito de rosas. Aliás, muitas vezes ela sugeriu que lhe oferecêssemos rosas. Refiro-me às “rosas que formam o rosário”. Eis uma sugestão: oferecer-lhe uma corbelha de cinqüenta lindas rosas, as cinqüenta ave-marias do terço, entregando-as uma por uma, e declarando a razão da entrega de cada rosa.

Desejo que o dia oito de setembro seja particularmente celebrado por você e sua família. A Mãe bem o merece! Parabéns, mãe Maria, por seu aniversário!

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.