Ministros da música

Certo dia, um amigo, que gostava muito de música e frequentava a paróquia e o grupo de oração, perguntou-me: “O que é necessário para entrar no ministério de música?”. Apesar da pouca experiência como ministro de música, a resposta me veio logo à boca. “É preciso ter dois ouvidos: um para a música e outro para Deus”.

Muitas pessoas se admiram com o ministério de música por alguns motivos, tais como: o poder que a música tem de envolver os nossos sentimentos e prender a nossa atenção; a beleza dos cânticos e instrumentos; o estar “à frente” diante do grupo de oração; entre outros. E muitas dessas pessoas desejam também fazer parte desse ministério.

O primeiro passo a dar é saber se tenho o “dom”. Pessoas já nascem com ele e durante a vida o aperfeiçoam, principalmente no que diz respeito ao cantar. É importante verificar se tenho noções de ritmo, melodia, afinação, tanto para cantar quanto para tocar. Nesse caso chamo essas características de ter ouvido para a música.

Como é precioso, e até mesmo necessário, entrarmos numa escola e poder estudar música, aprender e aperfeiçoar o instrumento, conhecer e aplicar técnicas vocais, entre outros. Se você tem condições de fazer aula, não perca tempo, invista nisso. Devemos dar o melhor para Deus. Pratique muito, ensaie, amplie o seu repertório, aprenda novas canções, enfim, invista no dom. O dom de Deus cresce em nós à medida que o praticamos.

Até aqui, demos um passo por meio do qual descobrimos que somos músicos. No entanto, para sermos ministros de música precisamos ter ouvido para Deus. Assim como o nosso ouvido precisa estar afinado para a música, como servos de Deus, ele também precisa estar afinado para a voz do Senhor. Servimos ao Rei dos reis, por isso, precisamos escutar o que Ele tem para nos dizer, Suas ordens, Seus desígnios e desejos.

Com ter um ouvido para Deus e aperfeiçoá-lo? Por meio da oração. Somente com uma contínua e crescente vida de oração, somos capazes de nos tornar íntimos do Senhor, escutar a Sua voz e permitir que Ele nos use de acordo com Sua vontade. Por isso, ao passo que você estuda a música, tenha uma vida de oração.

De músicos o nosso mundo está cheio, homens e mulheres de vozes belíssimas que nos encantam com suas canções, que causam nossa admiração com seu instrumento, mas não preenchem nosso coração, pois essa ação somente Deus pode realizar.

A natureza nos deu dois ouvidos, que seja um para a música e outro para Deus. Esse é o ministro de música!

Deus abençoe,

“Tamo junto!”

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.