Meu encontro pessoal com Jesus

Lembro do meu encontro pessoal com Jesus como se fosse hoje! Ainda trago vivo em minha memória este acontecimento, que mudou complemente o rumo da minha vida. Foi no ano de 1996, em um encontro chamado: “Orando com Poder”. O ministério estava cantando a música “Podes reinar”, e naquele mmomento, o Santíssimo Sacramento passava pelo ginásio. Quando Jesus passou por mim, senti-me profundamente tocado por Ele. Meu coração parecia uma brasa palpitante, que a qualquer momento pularia do meu peito, de tal modo que todo meu corpo foi sendo tomado por um forte calor e em minha memória foi se passando um filme de todas as ofensas que eu tinha feito a Deus, através dos meus pecados; como Paulo, ouvi Jesus me dizendo naquele momento: “João Paulo! João Paulo! Por que me persegues e me fazes sofrer tanto?” A partir daí, meu coração foi sendo tomado por uma grande contrição, e não consegui conter as lágrimas de libertação, que rolavam sobre o meu rosto. Aquelas lágrimas eram o sinal da vida nova que, em Jesus, estava surgindo. Chorei aproximadamente por duas horas sem parar. Senti que Deus estava realizando uma mudança radical em minha vida, cuja dimensão eu era incapaz de sequer imaginar.

Foi exatamente isso que aconteceu comigo. Quando saí daquele ginásio, a primeira coisa que fiz foi procurar um sacerdote e fazer uma boa confissão, para colocar a minha vida em dia com Deus. Depois, percebi que era preciso tomar uma decisão: Afastar com radicalidade da minha vida, tudo aquilo que me levava ao pecado e que me afastava da santidade de Deus, da qual agora era convidado a participar. “Eu sou o Senhor, vosso Deus. Vós vos santificareis e sereis santos, porque eu sou santo” (Lv. 11,44)

A partir dessa decisão, comecei a perceber, que aquele Deus que eu julgava distante, estava mais próximo do que imaginava. De maneira que meu relacionamento com Ele começou a mudar! Desde então, passei a sentir o amor e a ação divina agindo em minha vida.

Santo Agostinho, grande santo místico e doutor da nossa Igreja, diz: “Tarde te amei beleza antiga e tão nova, eis que procurava fora e tu estavas dentro de mim.” Este santo também afirma: “Eu temo Deus que passa!” Por isso, não deixe Deus passar em sua vida, pois Ele tem muito a realizar nela a partir da experiência do seu encontro pessoal com Ele. Isso só será possível se você der liberdade para que Ele aja, abrindo as portas do seu coração e dizendo-Lhe: “Senhor, eu não agüento mais esta tristeza, este vazio em minha vida! Eu não agüento mais esta depressão, esta falta de sentido para viver! Senhor, eu quero ter um encontro pessoal Contigo! Agora! Neste exato momento! Na realidade em que me encontro hoje. Eu quero, Senhor, experimentar o teu amor e a tua graça! Muda a minha vida, Senhor, faz de mim um homem novo, faz de mim uma mulher nova, amém.”

O encontro pessoal com Jesus é a “porta”, através da qual teremos um profundo e concreto relacionamento com esse Deus, que está dentro de todos nós! Só quem foi tocado verdadeiramente pelo Nosso Senhor, através da graça do encontro pessoal, é que conseguirá manter-se fiel a Ele e perseverar até o fim!

Deus abençoe você!

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.