Matrimônio

Para que o Sim dos esposos seja um ato livre e responsável e para que a aliança matrimonial tenha bases humanas e cristãs sólidas e duráveis, a preparação para o casamento é de primeira importância.

O matrimônio não é, para um cristão, uma simples instituição social, nem muito menos um remédio para as debilidades humanas: é uma autêntica vocação sobrenatural. Sacramento grande em Cristo e na Igreja, disse
São Paulo, e, simultânea e inesperadamente, contrato que um homem e uma mulher fazem para sempre.

A maioria dos cristãos tem vocação para o matrimônio.Como vocação, o matrimônio foi estabelecido por Deus e tem sido abençoado continuamente por Ele desde o tempo de nossos primeiros pais.
De todas as possibilidades da criação, Deus escolheu fazer-nos homem e mulher. Deus viu que não era bom que o homem estivesse só e criou uma companheira para ele. O plano de Deus era que cada um fizesse companhia ao outro e buscasse o bem do cônjuge. No paraíso, Deus estabeleceu o enlance matrimonial. Desde o princípio, o matrimônio foi considerado uma união sagrada entre marido e mulher. Permaneceu assim até a vinda de Cristo que elevou esta união a sacramento.

O matrimônio cristão se torna por sua vez, um sinal eficaz, sacramento da aliança de Cristo e da Igreja. Posto que é o sinal e comunicação da graça, o matrimônio entre batizados é um verdadeiro sacramento da Nova Aliança.

Assim como Cristo é inseparavél da Igreja, o sacramento do matrimônio, contraído livremente, cria uma união inviolavél entre marido e mulher. Nesta união indissolúvel, os esposos estão unidos entre si e com Cristo, tornando-se em um só corpo e aperfeiçoando o amor humano. Marido e mulher recebem as graças sacramentais necessárias para realizar suas obrigações matrimoniais.

Como o matrimônio é a imagem da união entre Deus e sua Igreja, Cristo é seu modelo. Sem embargo, na sociedade atual, estamos constantemente bombardeados com imagens falsas sobre o matrimônio. Livros, filmes, seriados românticos de televisão etc. Criam uma propaganda sensacionalista de paixão sexual que tem pouco ou nada a ver com o conceito cristão de amor e matrimônio.

O verdadeiro significado do sacramento só pode ser dado por Jesus Cristo através da sua Igreja. É por isso que o homem e a mulher que planejam se casar necessitam dedicar tempo para reflexão e para preparação. Esta preparação requer uma investigação adequada a respeito do significado do amor no plano de Deus para a vida matrimonial. Compreende vários passos antes da cerimônia matrimonial e a aquisição bons hábitos durante toda a vida das pessoas.

Nossa primeira preparação para o matrimônio chamada preparação remota se inicia na infância quando começamos a adquirir os valores essenciais da vida humana e o desenvolvimento básico das virtudes humanas. De nossos pais, familiares e mestres recebemos uma formação humana e espiritual. Esta educação continua, em maior ou menor intensidade, na juventude, quando começamos a tomar passos mais concretos para nossas vidas de adultos na sociedade.

A preparação próxima compreende um estudo mais específico para o sacramento. É neste período quando se requer uma formação religiosa mais específica. Necessita-se estudar o matrimônio com maior profundidade, e além dos conceitos básicos tem que se aprender o que devemos buscar no futuro cônjuge. Esta etapa também requer certa ‘estabilidade’ na carreira ou no trabalho para se poder sustentar adequadamente uma família.

Por último, a preparação imediata, a qual ocorre nos meses e semanas anteriores à cerimônia matrimonial, compreendendo um estudo intensivo e profundo do significado do matrimônio. Também se necessita da preparação prática para a cerimônia do matrimônio, bem como para as primeiras semanas que o sucederem. Na atualidade, a ênfase que se põe nas preparações práticas (convites, festa, etc.) com freqüência deixam o casal sem preparação para a viagem espiritual do matrimônio. Se não preparam bem a viagem mais importante de sua vida, logo não podem se
surpreender se algo der errado.
Grande parte do êxito de um matrimônio depende da preparação adequada dos futuros esposos. É importante obter conhecimento de certos elementos do matrimônio que se baseiam em uma compreensão bem equilibrada e na formação espiritual adquirida antes da cerimônia do matrimônio. Em uma sociedade onde muitos matrimônios fracasam, esta preparação é crucial para poder lograr um matrimônio feliz que dure toda a vida.

Quando consideramos os esforços que fazemos na preparação para ter êxito na carreira profissional ou para aproveitar as oportunidades de negócios, e esforço que se deve fazer para o compromisso matrimonial aparece em sua verdadeira perspectiva.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.