Mãos que Evangelizam: ser imagem de Deus

A pessoa com deficiência, criada ä imagem e semelhança de Deus, lugar da manifestação do amor Dele e testemunho privilegiado de humanidade, é diretamente responsável por sua história e por sua vida como qualquer outra pessoa.

O Senhor Jesus chama a todos para ser seus discípulos, a abrir-se ao dom da comunhão com o Pai e com os irmãos e irmãs na fé, a viver com todos os homens as riquezas (1Cor 1,5-7; 7,7; 14; Rm 12,6-8; Ef 4,7-16) que Deus estende a cada um: assim, as pessoas com deficiência recebem do Senhor o mesmo chamado para viver o discipulado de modo responsável e ativo para enriquecer o povo de Deus com os dons que o Senhor confia a todos para tornar a sua Igreja resplendente (cf. Ef 5,27).

A Igreja de Cristo, solícita e sensível ä todos os seus filhos, se ocupa deles para que todos possam progredir de modo responsável e pessoal no crescimento da fé , na comunhão com Deus, na descoberta dos dons recebidos de Deus para o bem comum e no comum, estes dons possam meios ä disposição dos outros.

Todos somos iguais diante de Deus e temos o mesmo chamado divino porque recebemos o mesmo Batismo e todos bebemos de um mesmo Espírito.

Assim sendo, “como bons administradores das diversas graças de Deus, cada um de vós ponha ä disposição dos outros o dom que recebeu: a palavra para anunciar as mensagens de Deus; um ministério, para exerce-lo com uma força divina, a fim de que em todas as coisas Deus seja glorificado por Jesus Cristo”(1Pd 4,10-11). E todos juntos possamos semear a paz.

Deus está chamando você. Veja os Sinais que Ele está fazendo… “Sinalize” a paz!

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.