Ele está no meio de nós

Esta é a grande verdade do cristianismo: Jesus, que ressuscitou, está no meio de nós. Quero esclarecer bem: esta não é apenas uma maneira de falar, nem simplesmente uma expressão poética. Esta é uma realidade.

Até a sua ressurreição, Jesus tinha um corpo como o nosso e por isso ocupava um lugar: ele não podia estar em vários lugares ao mesmo tempo. Mas depois da sua ressurreição, com seu corpo, agora glorioso, Jesus pode estar ao mes-mo tempo em todos os lugares. Não somente Ele pode estar, mas Ele faz questão de estar com os seus.

Quando você está em casa, ocupando-se dos seus afazeres domésticos¸ Jesus está com você. Quando você trabalha numa empresa, no comércio, no campo, Ele está ali presente, juntinho com você. Quando você está alegre, Ele se faz presente. Mas quando você está triste e chora, com mais razão ainda, Ele se faz um com você. Ele é o primeiro a se alegrar com os que se alegram e chorar com os que choram.

Mesmo quando você erra e peca, quando você não consegue su-perar um vício, não consegue se libertar de uma situação que o amarra e escraviza, quando você desobedece e se revolta, Ele está com você. E se entristece com a sua situação… mas Ele permanece ali, juntinho com você, para lhe estender a mão, para lhe dar coragem, para levá-lo à libertação.

Nós nunca estamos sozinhos. Em toda parte e em qualquer situação, “Ele está no meio de nós” e participa concretamente da nossa vida. Tenho algo a confidenciar a você: nós inauguramos a Rádio Canção Nova no dia 25 de maio de 1980. Era o dia de Pentecostes. Logo no dia seguinte, eu começava um programa, ao meio-dia, que se chamou “Ele está no meio de nós!” Até hoje este programa continua com o mesmo nome. Quando eu escolhi o título, nem imaginava o tremendo sinal profético que ele era para nós. Hoje sou capaz de entender: Deus quis a Canção Nova e deu a ela todos esses meios para levar, a uma multidão de pessoas, um Jesus vivo, com quem vamos aprenden-do a conviver no nosso dia-a-dia.

Veja: estou passando para você uma confidência de família. A grande graça da Canção Nova é viver com este Jesus vivo que está sempre presente ao nosso lado e levá-lo assim para muita gente. Muitos anos depois, um expert em marketing, que nos deu um curso, nos revelou: “A força da Canção Nova é passar um Deus vivo e vivido por vocês”. E ele concluiu: “Este é o produto de que o mundo mais precisa”.

É uma tremenda responsabilidade: passar para muitos este Jesus vivo e que vive conosco em todas as situações, através de todos os meios que Ele nos deu: Rádio, Televisão, Internet, Acampamentos, cartas, telefone, contatos pessoais… e também por esta Revista. Por todos esses meios levar às pessoas este Jesus vivo, e com o qual vamos aprendendo a viver. Obrigado porque você nos ajuda a realizar a nossa Missão. O que aquele homem de marketing nos disse é pura realidade: este é o “produto” de que mais o mundo precisa e que mais está em falta. Você, nosso sócio, é o patrocinador do “produto” mais necessário à humanidade: Jesus vivo, com quem aprendemos a viver no nosso dia-a-dia. Ele está no meio de nós!

Seu irmão,

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.