A castidade é possível

A castidade é, na vida cristã, uma expressão do amor-caridade. As chamadas virtudes morais são a vivência da caridade num setor concreto das realidades da nossa vida. A castidade é a vivência generosa da sexualidade, integrada nas exigências globais da santidade cristã e da caridade.

Estando ligada à vivência da sexualidade, a castidade vive-se em relação, com Deus, com a pessoa amada, com todos os outros irmãos com quem queremos construir a Igreja como comunhão. A castidade supõe a renúncia a experiências sexuais facilitantes, mas essa renúncia é dom, anuncia o desejo de vivência generosa de todos os nossos dinamismos de amor, no contexto da comunhão conjugal, mas também no contexto mais alargado da comunhão eclesial. Há uma fecundidade eclesial da castidade, o que explica que a virgindade assumida possa ser um caminho de vivência da sexualidade.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.