Diálogo

Como os casais de fé planejam o orçamento familiar?

 É importante que os casais conversem sobre orçamento familiar

Se você está casado, namorando ou está noivo, não perca tempo em falar sobre dinheiro. Isso não significa que ganhar dinheiro ou acumular patrimônio e riqueza seja a égide do seu relacionamento (como muito se prega por aí). O amor e a fé em Deus precisam ser o fundamento principal da vida de um casal, assim como a reciprocidade e a cumplicidade. A pedra de toque é que a omissão da palavra dinheiro entre casais pode minar, enfraquecer, fragilizar ou trazer inseguranças no futuro. A segunda maior causa de separação de casais, no mundo, é o dinheiro, que perde apenas para infidelidade1. A arte é a seguinte: casais de fé precisam falar sobre dinheiro.

É sabido que muitos casais enfrentam desentendimentos quando o assunto é dinheiro2. Brigas são constantes, especialmente quando as dificuldades surgem: desemprego, dívidas, empréstimos ou assuntos espinhosos desse tipo. É urgente colocar o dinheiro na pauta dos relacionamentos. Em especial, a fé em Deus precisa estar acima do dinheiro. Contudo, o dinheiro não pode ser negligenciado.

Como os casais de fé planejam o orçamento familiar

Foto Ilustrativa: AleksandarNakic by Getty Images

O que você pretende com seu relacionamento? Se está namorando, pensa em casar? Se já tem a certeza de ser o homem (a mulher) da sua vida, por que não comentar sobre o que pensa sobre a vida financeira de vocês? Falar do futuro financeiro pode ser uma boa forma de também conhecer quem você ama. Cada um tem uma história financeira, uma bagagem que traz de sua origem familiar. Alguns viveram, desde criança, em meio a uma vida difícil financeiramente, mas onde nada faltava. Outros tiveram cordas soltas, e tinham tudo que queriam, mas os pais viviam endividados. Qual a sua história financeira? Tudo o que está aí dentro de você, guardado, um dia fluirá após o casamento; será natural e com o tempo.

Leia mais:
.: Conheça os cinco passos para economizar dinheiro
.: O dinheiro pode ser motivo de separação no casamento?
.: Casais, aprendam a importância do diálogo
.: Orçamento familiar: um papo para todos

“Marido e mulher em perfeito acordo” (Eclo 25,2)

O livro do Eclesiástico diz que Deus se alegra ao ver marido e mulher em perfeito acordo. Isso inclui muitas coisas: educação dos filhos, amor recíproco, decisões e também a vida financeira. Quanto mais um casal faz uso de ferramentas, planilhas, aplicativos de celular ou cadernos para facilitar o diálogo financeiro, maior será a bênção de Deus sobre eles. É preciso colocar o dinheiro no seu devido lugar, nem como meta principal, para “ficarem ricos”, nem ignorar o fato de que uma família terá muitas necessidades no futuro. Por outro lado, não há nada de mal querer conquistar um patrimônio (casa, carro, poupança, aposentadoria, faculdade dos filhos). As separações de casais acontecem quando colocam dinheiro, riqueza, ganância e avareza como elo primordial, como porto seguro. Segurança só em Deus; o dinheiro é apenas uma ferramenta necessária.


1- Segundo pesquisas de Universidades Americanas como Michigan através de entrevistas e estudos com casais.

2 -Dados do IBGE- Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística


Bruno Cunha

Economista, Professor e Missionário da Comunidade Canção Nova, Bruno Cunha possui 20 anos de experiência na área de Finanças, Macroeconomia, Mercado Financeiro, Economia, Educação Financeira, Finanças pessoais e Administração Financeira e Orçamentária. Mestre em Desenvolvimento Regional pela Universidade de Taubaté (UNITAU), possui MBA pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e graduação em Ciências Econômicas pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Atualmente, é professor e assistente de coordenação do curso de Administração na Faculdade Canção Nova (FCN).

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.