Mãe intercessora

Sou testemunha de um milagre de Deus pelas mãos da Mãe

Como é bom ter uma Mãe que cuida de nós e se ocupa com nossas dificuldades e problemas!

Logo após nosso casamento, Vinicius e eu tomamos conhecimento do Método Billings de controle da natalidade; então, começamos a utilizá-lo com sucesso. Nosso primeiro filho, Felipe, foi concebido no tempo planejado. Depois do nascimento do Felipe, continuamos a utilizar esse método, até que decidimos ter mais uma criança e deixamos de evitar a concepção.

Como o tempo foi passando e eu não engravidava, comecei a fazer exames para verificar se tudo estava bem com a minha saúde. Da mesma forma, o Vinicius também submeteu-se a vários exames. Continuamos a tentar, mas não tivemos sucesso.

Foto: Daniel Mafra / cancaonova.com

Então, no dia 25 de março de 1993, festa da Anunciação, já como consagrados no núcleo da Comunidade Canção Nova, dia em que Nossa Senhora concebeu Jesus, eu ganhei da Luzia Santiago uma oração para ser feita durante os nove meses da gestação de Maria, daquele dia até o nascimento de Jesus. Eu já conhecia aquela oração com outras palavras, mas peguei o papel e, com muita fé, rezei durante a tarde. E disse a Nossa Senhora que eu queria ficar grávida. Falei sobre essa nossa necessidade, pois já estava com quase 40 anos de idade e compreendia os riscos de uma gravidez nessas condições.

À noite, Vinicius e eu fizemos esta oração antes do ato conjugal, para que o nosso filho fosse concebido naquela noite. Passadas algumas semanas, já com a certeza interior de carregar no meu ventre o sinal do poder de Deus, fiz o teste de gravidez e, pela graça de Deus, o resultado foi positivo.

Logo no início, fomos alertados de que seria necessário muito cuidado com a gestação, pois eu estava com o colo do útero aberto e poderia sofrer um aborto natural. O Dr. Djalma Almeida dos Santos, amigo da nossa comunidade, avisou-nos também que havia encontrado um material estranho no colo do útero, que deveria ser retirado e mandado para exame. Fiz a cerclagem na semana seguinte.

Testemunha de um milagre

Passados alguns dias, Dr. Djalma foi à Cachoeira Paulista (SP) nos levar o resultado do exame. Tratava-se de restos de uma segunda placenta. Havia dois fetos, e um deles fora abortado naturalmente, apenas um resistiu (para mostrar a escolha de Deus, a salvação manifestada naquela pequena vida em formação).

Orava muito pelo bebê que iria nascer, consagrava-o a Nossa Senhora todos os dias. Pedi também ao Senhor uma Palavra que confirmasse que minha gravidez foi realmente um milagre recebido pelas mãos de Maria. A Palavra que colhi em oração foi o capítulo dois do Evangelho de João: “As bodas de Caná”, o primeiro milagre pelas mãos de Maria. Então, pedi que o bebê tivesse os olhos azuis como os dela, para que nunca nos esquecêssemos de que ele veio à vida pelas mãos da Mãe. Hoje, quem olha para o André, mesmo sem saber da sua história, fica encantado com o azul dos seus olhos.

Sou testemunha de que esse foi um milagre de Deus pelas mãos da Mãe!

Leia mais:
.: O que significa ser a Medianeira de todas as graças
.: Deus realiza um milagre na nossa vida
.: A fé que espera contemplará milagres

Para confirmar a minha cura, Deus, em sua grandiosíssima bondade, deu-nos mais um presente, nossa filha Ana Maria. E eu já estava com 41 anos quando ela nasceu.

Como é bom ter uma Mãe, cujo coração é atento aos seus filhos, que cuida de nós e se ocupa com nossas dificuldades e problemas! Ela é uma Mãe perfeita, que ama incondicionalmente, sem querer nada em troca. Nunca diz: “não tenho tempo para você”, pois é Mestra na disponibilidade. Convido você a assumi-la como sua Mãe. Talvez você tenha algum impossível para entregar a ela.

Oração que rezei, pedindo a intercessão da Virgem Imaculada

“Oh, Virgem Santa Imaculada, sem mancha, vós preparastes em vosso seio virginal a morada do Filho de Deus. Eu me envergonho de aparecer diante de vós. Desejo que o Filho de Deus, o qual quis nascer de vós, renasça espiritualmente em mim e me conceda esta graça de que tanto necessito (dizer a graça). Prostro-me a vossos pés, oh Santa Mãe de Deus, e debaixo do vosso olhar terno, doce e puro, das vossas mãos benditas e de vosso manto sagrado, eu vos louvo, bendigo e entrego a minha vida. Reverencio-vos por todas as horas dizendo: Bendita seja, oh Imaculada Conceição da Bem-Aventurada Virgem Maria, Santa Mãe de Deus. Amém!”

Que você também possa testemunhar que “tudo é possível para aquele que crê”.

Deus abençoe você e a sua família.

Marina Adamo
Palestrante e autora do livro “Deus fala com você”, da Editora Canção Nova

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.