Noivado

Estou noiva e feliz!

“O amor do homem e da mulher está na origem da família humana e o casal formado por um homem e por uma mulher tem o seu fundamento no desígnio originário de Deus (cf. Gn 2, 18-25). Aprender a amar-se como casal é um caminho maravilhoso, que contudo exige um tirocínio empenhativo. O período do noivado, fundamental para construir o casal, é um tempo de expectativa e de preparação, que deve ser vivido na castidade dos gestos e das palavras. Isto permite amadurecer no amor, na solicitude e nas atenções ao outro; ajuda a exercer o domínio de si, a desenvolver o respeito do outro, características do verdadeiro amor que não procura em primeiro lugar a própria satisfação nem o seu bem-estar” (Palavras de Bento XVI dirigidas aos noivos).

Meu nome é Cristiane Viana, sou membro da Comunidade Canção Nova com compromisso “para sempre” e estou noiva de Fernando Fantini, também missionário da Canção Nova. Estamos noivos desde o início de maio e já tocamos na felicidade de estarmos dentro da vontade de Deus, dando passos firmes e concretos rumo ao sacramento do matrimônio. É a vontade do Senhor unida à nossa vontade!

Ainda me pego olhando para a aliança no meu dedo e lembrando-me: “Um dia, essa aliança foi somente oração. Agora, ela se concretizou e tornou-se um compromisso. Como missionários, nossa primeira aliança é com Deus, e isso nos alegra profundamente. Mas, claro que, ao noivar, nos comprometemos um com o outro, com as nossas famílias e com a comunidade.

Quantas pessoas nos perguntam: “Quando vai ser o casamento? Já marcaram a data? Agora é só esperar o casamento!”. Percebemos nisso – claro – a vibração de quem nos ama e torce para que esse relacionamento dê certo. Porém, é preciso levar em conta que não se noiva para casar, primeiramente, mas para viver o que é próprio do noivado. Digo isso, porque se colocarmos o casamento como meta principal, corremos o risco de “queimar etapas” e não desfrutar deste tempo maravilhoso do noivado.

Claro que a nossa expectativa como noivos é o sacramento do matrimônio, e isso deve estar vivo e forte dentro de nós. Mas é preciso percorrer um caminho para nos prepararmos bem para essa nova etapa. Esse caminho é o noivado. Esse tempo é propício, como bem nos disse o Papa emérito Bento XVI, para construir o casal. A expectativa, a preparação, a castidade dos gestos e das palavras ajudam a desenvolver o domínio de si, desenvolver o respeito e, sobretudo, amar doando-se à pessoa amada.

Olha quanta coisa temos que viver neste tempo do noivado! Todas essas caraterísticas, citadas pelo nosso amado Bento XVI, são fundamentais para um bom êxito na relação. Não pode faltar amor mútuo e doado, respeito e castidade. Agora é tempo de fazer as contas e dizer: “É com você que quero dividir a minha vida para sempre?”. Tudo fica mais forte, mais cheio de sentido e significado. Passamos de um amor romântico, que é necessário, para um amor concreto, doado, partilhado e exigente.

É preciso viver bem cada tempo para não queimar etapas. Um casamento é um namoro que deu certo. E por que deu certo? Porque cada tempo foi bem vivido, com seus desafios e alegrias próprios.

Queremos, com a graça de Deus, viver bem este tempo, certos de que o Senhor nos abençoa neste caminho rumo ao sacramento do matrimônio.

Rezem por nós!

Cristiane Viana, noiva de Fernando Fantini

Comunidade Canção Nova

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.