A gruta onde Jesus nasceu está vazia

Eu quero partilhar com você, o que muitos experimentam, mas esquecem.

Você lembra do dia em que seu coração pulsou de alegria por ter experimentado dentro de si mesmo um pedacinho do céu? Você lembra quando as lágrimas caíram de seus olhos, e sua fé ficou iluminada a ponto de dizer: meu Senhor e meu Deus? E do dia que apenas ao ouvir falar do Nome de Deus o seu coração se emocionou porque pôde experimentar na própria pele que Ele não é uma utopia, mas uma realidade?

Pois é, tudo o que escrevi acima não se descobre por leituras. Quem experimentou sabe: não é uma teoria e sim uma realidade que marcou a história daqueles que sentiram o amor de Deus em seus corações.

Deus está no meio de nós! É isso o que revivemos no Natal. Jesus virá em sua glória a julgar os vivos e os mortos. Porém Ele está em nosso meio, e pode ser conhecido no nosso dia-a-dia se nós o procuramos, mas sobretudo se nos deixamos encontrar por Ele.

Quem nunca o encontrou, pode encontrá-lo se quiser. Quem o encontrou pode encontrá-lo novamente se pedir de todo o coração. Todo dia é dia de conhecer mais Jesus. O tempo do Natal é um tempo onde a Igreja enfatiza essa verdade.

Se seu coração está frio, pensando que Deus está distante, se os problemas do dia-a-dia fizeram com que sua paixão pelo céu, hoje esteja em segundo lugar. Chegou o tempo favorável de encontrar Aquele que não está distante. Ele está onde estamos e pode ser encontrado em qualquer lugar. Quem têm medo de uma criança recém-nascida? Deus se fez homem como nós, para que ninguém tivesse a desculpa de dizer que Ele se esqueceu de nós.

Hoje moro em Belém, na cidade onde Jesus nasceu, mas devo lhe dizer que a gruta onde Ele nasceu está vazia, porque Jesus de propósito mudou de lugar. O presépio onde Ele se encontra hoje é o nosso coração. E Ele está ansioso para nos encontrar. Vamos buscá-Lo juntos? “Quem tem sede, venha e do seu interior brotarão rios de água viva”. (Jo 7,37-38)

Especial:
Natal em Belém: deixe-se encontrar por Deus

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.