Precisamos dos dons espirituais

Hoje o Senhor está à porta.
Ele está muito perto, muito perto mesmo. Claro que, para Deus, mil anos são como um dia, e um dia são como mil anos. Por isso é que se faz necessário que estejamos suficientemente convertidos.

E enquanto aguardamos a manifestação de Nosso Senhor Jesus Cristo, precisamos dos dons do Espírito para a nossa transformação pessoal. A noiva precisa estar preparada para quando o esposo chegar. A noiva é a Igreja, a noiva somos nós, reunidos hoje. A noiva não é uma pessoa, a noiva é um corpo. A noiva somos nós que fomos trazidos da rua para a sala do banquete. Deus foi nos buscar nas encruzilhadas da vida e nos trouxe para a sala do banquete da festa do seu Filho que está para chegar. Somos a noiva aguardando o esposo.

Há ainda muitos irmãos na rua. Somos enviados a buscá-los; este é o nosso trabalho: ir e voltar. Estamos na sala, já temos um lugar garantido. Nosso trabalho é ir e voltar, trazendo irmãos para a sala do banquete, para que todos aqueles que são do Senhor e querem aceitar o seu convite venham. Façamos este trabalho por nossos irmãos machucados e feridos, amarrados, presos, escravizados pelo inimigo. Escravizados a todo tipo de pecado, vícios e prisões. Prisões da mente, dos corações, da incredulidade. Para que eles possam vir, são necessários os dons, e todos os dons. Os dons são ferramentas com as quais libertaremos nosso irmão.


.: Novo site de Padre Jonas Abib: www.padrejonas.com


Oremos juntos:
Eu sou salva-vidas e preciso salvar os meus irmãos. Para isso, necessito de ferramentas poderosas, os dons do Espírito Santo. Eu quero, Senhor, eu preciso, Jesus, de todas essas ferramentas, sem exceção para salvar os meus irmãos.

Os dons são ferramentas. Na nossa própria casa, há gente morrendo de sede, sede de Deus. Gente morrendo de fome, fome de Deus. Gente, dentro de sua casa, que talvez durma na sua própria cama. Que dorme junto com você, mas está morrendo de fome, de sede. Nós não podemos negar ajuda a esses irmãos. Você não pode negar a seu marido, esposa, filhos, aos seus pais, a sua mãe, o poder do Espírito Santo; eles necessitam Dele.

Não nos será possível livrar nossos irmãos só com o nosso trabalhinho, com a nossa exortação. Se não for pelo poder do Espírito Santo, por meio dos dons do Espírito, por meio dos dons do Espírito, não o conseguiremos.

Diga comigo:
Vem, Senhor Jesus. Vem agora com o teu Espírito, com poder. Vem com os dons espirituais, ferramentas para a salvação de todos os nossos irmãos. Eu sou um salva-vidas, preciso dos dons do Espírito Santo.

No capítulo 12 da primeira Espístola aos Coríntios, São Paulo vai falar claramente a respeito dos dons. Uma vez que não faltava dom algum àquela comunidade, era possível falar sobre eles:

“A respeito das manifestações do Espírito, eu não quero, irmãos, que fiqueis na ignorância” (1 Coríntios 12,1)

Eles já tinham os dons espirituais, mas era preciso que os conhecessem.
No capítulo 14, São Paulo insiste:
“Procurai o amor; aspirai às manifestações espirituais, sobre tudo à profecia” (1 Coríntios 14,1)

Este versículo é muito precioso, porque São Paulo é claro: “procurai o amor”. Claro que temos de procurar o amor, o dom mais importante. Mas, vejamos a continuação:
“Aspirai às manifestações espirituais”

Aspirai – este termo é a chave da questão. Tanto quanto precisamos procurar o amor, é preciso aspirar aos dons espirituais.
Com o mesmo empenho com que se procura o amor, é preciso aspirar às manifestações do Espírito. “Aspirai às manifestações espirituais”, diz São Paulo. Queiram-nas, busquem-nas, tanto quanto procuram o amor.

Alguns, com falsa humildade, dizem: quero praticar o amor ao próximo, na forma da caridade. Porque sou uma pessoa boa, santa. Não preciso de dons espirituais, de carismas, sou uma pessoa humilde, quero continuar humilde. Não se trata disso. É ingenuidade ou orgulho, pensar que é possível, sem ferramenta alguma, salvar os irmãos. Sabemos que para salvar os que estão soterrados sob os escombros deste mundo precisamos buscar os dons espirituais.

Não temam os dons!

.: Trecho do livro: Aspirai aos dons espirituais

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.