reze

Terço pelos afilhados

Aprenda a rezar o terço pelos afilhados

Inicie com:

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém! Creio em Deus Pai (…). Pai nosso que estás no céu (…). Ave Maria, cheia de Graça (…) (3x).

Logo após, diga: Jesus, para Ti eu quero viver. Ensina-me a amar e a cuidar.

Terço-pelos-afilhados-

Foto Ilustrativa: Andréia Britta/cancaonova.com

Nas contas menores:

1º Mistério: Jesus, abençoe meu afilhado. (10X)

2º Mistério: Jesus, proteja meu afilhado. (10X)

3º Mistério: Jesus, ilumine meu afilhado. (10X)

4º Mistério: Jesus, guarde meu afilhado. (10X)

5º Mistério: Jesus, guie meu afilhado. (10X)

Nas contas maiores:

Meu querido afilhado, que Deus abençoe sua vida, te proteja de todo mal, ilumine seu caminho, te guarde dos perigos do mundo e guie seus passos.

Encerramento

Encerre com: Meu afilhado, onde estiveres, que Deus te mantenha de pé! (3X)

Leia mais:
.: Oração da madrinha
.: O sacramento do batismo
.: Por que, no batismo, consagrar a criança a Nossa Senhora?
.: Por que é importante ministrar o batismo em uma criança?

Quem são os padrinhos?

1 – Os padrinhos representam a família do afilhado. A Família que gera e transmite a fé.

2 – Os padrinhos representam a comunidade do afilhado. A Comunidade cristã que acolhe e vivencia a fé.

3 – Os padrinhos representam a paróquia do afilhado. A Paróquia, com seus servidores, instruem e alimentam.

4 – Os padrinhos representam a Diocese do afilhado.  A Diocese dinamiza as ações pastorais na unidade.

5 – Os padrinhos representam a Igreja universalmente.

O papel dos padrinhos  na vida cristã

A Igreja, como mãe, acolhe e forma o Corpo místico de Cristo. A missão do padrinho e da madrinha é a de colocar o afilhado, a afilhada nas mãos de Deus. Ele dará aos padrinhos todas as graças necessárias para acompanharem os afilhados no caminho da fé que o próprio Senhor os convidou para trilhar.

Seu testemunho de vida é fundamental para iluminar a vida do(a) afilhado(a) em seu caminho cristão. O melhor presente que os padrinhos podem dar para seu(sua) afilhado(a) é um acompanhamento sincero da vida espiritual dele e da relação com Jesus.

O padrinho ou madrinha não são um pai/mãe substituto. Os padrinhos devem procurar manter-se próximos, criando laços de amor fraterno com seus afilhados e a família deles. Procuro, nas celebrações do Sacramento do Crisma, salientar principalmente essa unidade espiritual que os padrinhos e afilhados criam a partir daquele momento celebrativo.

Banner madrinha


Ângela Abdo

Mestre em Ciências Contábeis pela Fucape, pós-graduada em Gestão de Pessoas pela FGV, Gestão de Pessoas pela Faesa, graduada em Serviço Social pela Ufes e psicanalista. Consultora e Executiva na área de RH e empresa hospitalar. Foi coordenadora do grupo fundador do Movimento Mães que Oram pelos Filhos da Paróquia São Camilo de Lellis, em Vitória (ES) e do grupo de Amigos da Canção Nova de Vitória. Atualmente, é coordenadora nacional e internacional do Movimento Mães que Oram pelos Filhos. Escritora dos livros “La Salette, o grito de uma Mãe!” (2018), “Superação x Rejeição: Aprendendo a ser livre” (2017), “Ser Mulher À Luz da Bíblia: Porque Deus Pode Tudo!” (2016) e “Mães que Oram pelos Filhos” (2016). Participa do programa “Papo de Mãe que Ora”, no canal Mães que Oram pelos Filhos Oficial, e do “Mães que Oram pelos Filhos”, na Rádio América.  

comentários