Rezemos

8º dia da Novena da Medalha Milagrosa - Nossa Senhora das Graças

Medite o 8º dia da Novena da Medalha Milagrosa

No oitavo dia da novena da Medalha Milagrosa, Juliana de Paula medita sobre o discernimento do bem e do mal, suscitando no coração sentimentos de , de esperança e de caridade.

Una-se, em oração, com Juliana:

Ato de contrição

Senhor meu, Jesus Cristo, Deus e Homem verdadeiro, Criador e Redentor meu, por serdes Vós quem sois, sumamente bom e digno de ser amado sobre todas as coisas e porque Vos amo e estimo, pesa-me, Senhor, por Vos ter ofendido e pesa-me, também, por ter perdido o Céu e merecido o inferno.

Proponho, firmemente, com o auxílio de Vossa divina graça e pela poderosa intercessão de Vossa Mãe Santíssima, emendar-me e nunca mais Vos tornar a ofender. Espero alcançar o perdão de minhas culpas, por Vossa infinita misericórdia. Assim seja.

Rezar três vezes: “Ó Maria, concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a vós”.

8º dia – Medalha Milagrosa

Ó Virgem Imaculada da Medalha Milagrosa, fazei com que esses raios luminosos que irradiam de Vossas mãos virginais iluminem minha inteligência, para melhor conhecer o bem e abrasem meu coração com vivos sentimentos de fé, esperança e caridade.

Oração final

Santíssima Virgem, eu reconheço e confesso Vossa Santa e Imaculada Conceição, pura e sem mancha. Ó puríssima Virgem Maria, por Vossa Conceição Imaculada e gloriosa prerrogativa de Mãe de Deus, alcançai-me de vosso amado Filho a humildade, caridade, obediência, castidade, santa pureza de coração, de corpo e espírito; alcançai-me a perseverança na prática do bem, uma santa vida, uma boa morte e a graça de (pede-se uma graça) que peço com toda a confiança. Amém.

Leia mais:

.: As mensagens de Nossa Senhora das Graças para os tempos atuais

.: As aparições de Nossa Senhora das Graças

.: Medalha Milagrosa

 

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.