Quem eu sou?

Todos nós temos necessidade de nos conhecer. Deve ser uma luta diária a descoberta do nosso próprio eu. Infelizmente, muitos preferem viver se enganando, em vez de empenhar-se no conhecer-se.

Muitas pessoas piedosas querem – por meio de sua religiosidade – ocultar-se da própria verdade. Elas se refugiam em pensamentos e sentimentos piedosos para não necessitarem encontrar-se com elas mesmas. No entanto, o caminho para Deus passa pelo autoconhecimento. Não podemos nos iludir a nosso respeito. Não conseguiremos saber qual é a nossa verdadeira vocação, – para a qual Deus nos criou –, se não descobrirmos quem somos.

O não conhecimento de si mesmo gera a falta de auto-aceitação, causando na pessoa uma baixa auto-estima. Só amamos aquilo que conhecemos. E só conhecemos aquilo que amamos.

Jesus diz: “Amarás o teu próximo como a ti mesmo” (Mc 12,31). Quem não ama a si próprio, como amará o próximo?

No início de um Novo Ano, é de suma importância traçarmos metas e buscarmos direções com Deus, para seguirmos um caminho seguro, o qual que Ele escolheu para cada um de nós.

Se você não se ama, não aceita seu jeito de ser nem seu temperamento, não gosta do seu aspecto físico e muito menos de seu nome, então, comece por aí, trace metas. Você tem 12 meses pela frente para trabalhar no conhecimento de si mesmo, para se amar e se deixar ser amado como uma obra-prima criada por Deus. E para começar este trabalho de autoconhecimento, peça que o Espírito Santo conduza você, o faça renascer e o torne uma criatura nova, assumindo a sua identidade de filho muito amado de Deus.

Oremos:

“Vem, Espírito Santo, fecunda o amor em mim para que eu possa me amar, aceitando-me como sou.
Vem, Espírito Santo, revela a minha verdade para que eu possa me amar e amar o meu próximo.
Vem, Espírito Santo, dá-me a graça de assumir a minha identidade de filha amada de Deus, a fim de que resplandeça em mim a imagem de Jesus Cristo”.

Coragem, meu irmão, coragem, minha irmã! Nós temos jeito!
Deus abençoe a sua vida todos os dias de 2007!

comentários