Você é Cristão mesmo?

Se Jesus voltasse hoje, onde você estaria? Se Jesus viesse agora, nesse momento, te daria os céus, ou te condenaria? Teu destino seria o céu… ou o inferno? A glória? Ou o caos?

É muito fácil dizer que somos cristãos. Todo mundo diz. Até quem nunca foi cristão diz acreditar em Jesus. Se você um dia perguntasse ao demônio se ele sabe que Jesus é o Filho de Deus, certamente ele te responderia que sim. Ele talvez não dissesse que serve a Jesus, mas que sabe que Jesus existe, e isto ele sabe!

Só que a palavra cristão define aqueles que seguem os passos de Jesus. Você só é cristão de fato se você busca seguir o que Jesus ensina. Se você, fica nessa de falar e não viver, cuidado! Você pode ficar para trás! É como a pessoa que diz que torce para um time, mas que nunca foi a um jogo, não sabe a escalação da equipe, nem sequer viu um jogo pela TV, diz que torce para um time só para ter assunto nas rodinhas de conversas.

Assim como acontece com os times de futebol, acontece quando o assunto é Jesus. E é triste dizer isso… mas é verdade! Tem gente que diz ser cristão só para ter assunto! Tem gente que diz crer em Jesus, e se diz cristão. Mas quando se fala de amar o próximo, perdoar, silenciar … xiiii! A fé se traduz em atos. Fé de boca, não existe! Eu sou uma pessoa muito observadora. Gosto muito de avaliar minha conduta. Penso que a melhor forma de ser santo, é aprender a corrigir a mim mesmo.

Gosto também de ver como as pessoas se comportam e aprender com elas, e às vezes, com os erros delas. Certa vez estava na missa no rincão do Meu Senhor em Cachoeira Paulista, (moro atualmente na missão de Cuiabá), quando uma senhora me chamou a atenção. Ela participava da missa com um entusiasmo que me encantou. Rezou a missa inteira. Sabia todas as respostas. Não conversava, não virava de lado… Parecia muito concentrada. Sai da missa admirado e edificado com aquela senhora, pedindo que Deus desse a mim a concentração dela, pois tenho dificuldade de concentrar-me às vezes…

Dali eu fui para a escala de trabalho. Estava naquela tarde na escala do caixa, onde as pessoas compram os tickets para os lanches. Logo que cheguei a fila estava enorme. Comecei a trabalhar e depois de algum tempo (cerca de uns vinte minutos) notei que alguém no fim da fila estava falando alto. Reclamando da demora. Falando que es pessoas demoravam demais nos caixas. Reclamando de nós que estávamos trabalhando… Fui dar uma olhada para ver quem era a tal senhora, pois percebi que a voz era de mulher. Para o meu espanto, surpresa e admiração… a pessoa que reclamava e xingava era a senhora que eu falei antes. A da missa. A piedosa. A concentrada… O engraçado é que quando chegou a vez dela, ela não sabia nem o que pedir. Passou tanto tempo reclamando que na vez dela, ao invés de ser rápida, foi mais demorada do que os outros…

Depois que a fila diminuiu, fiquei pensando: “Preciso aprender com o que aconteceu comigo hoje… Quantas vezes aquilo que eu falo, ou que aparento, cai por terra diante das minhas atitudes?” Ser cristão não envolve apenas o lado espiritual. O lado espiritual é uma porta para a vida prática. E precisamos tomar cuidado com o nosso agir. O Padre Jonas certa vez, usou uma frase de um filósofo para nos ensinar. Ele disse que: “O agir segue o ser.”

E isso é a mais pura verdade. Quando você estiver diante de uma fila, quando seu ônibus demorar ou passar direto, quando alguém te ofender, te deixar esperando, te der um bolo, desculpe a expressão, te fizer de idiota, pare, repare, reveja, repense, revise o que você vai falar. É nessa hora que você precisa testemunhar sua fé! E você não pode nunca se acostumar a dizer frases do tipo: Eu sou assim mesmo! É meu jeito! Eu sou meio nervoso assim mesmo!

Isso para o cristão não existe. Tais frases não são de Deus. Dizendo isso você vai jogar sobre si mesmo palavras de maldição. E depois de um tempo você acabará caindo no complexo de Gabriela! E você não pode se deixar tomar pelo complexo de Gabriela. Já ouviu falar sobre isso? Não?

A pessoa que tem o complexo de Gabriela é a pessoa que acha nunca vai mudar por que ela é assim e pronto. Quem quiser que a agüente do jeito que ela é. Tem uma música popular que simboliza a pessoa que vive isso. Ela diz:

“Eu nasci assim,
Vou morrer assim,
Quero ser assim,
Vou ser sempre assim… Gabriela!”

A pessoa que pensa assim, ela não pode se dizer cristã verdadeiramente, pois nossa conversão exige mudança diária e constante. Não é o mundo que precisa mudar. Quem tem que mudar sou eu! Falar de Jesus nas Igrejas e nos palcos é fácil. Falar de Jesus com a vida requer muito mais do que palavras. Requer atitude!

Que depois dessa leitura você possa no dia de hoje, parar, reparar, repensar, e revisar o seu agir. E lembre-se: “O agir segue o ser!” Lute contra seu temperamento, contra a sua carne, contra o seu eu… Só assim você poderá bater no peito e dizer em alta voz: Eu sou verdadeiramente um cristão!

Você só precisa lutar dia a dia para ser bom. Se quando Jesus voltar, ver que você está lutando, Ele te dará o céu. Mas se ver você parado querendo que o mundo mude para ser do jeito que você quer… Hum, acho que você terá problemas sérios!

Aguardo seus comentários!

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.