Uma prece de Natal

“Ó Senhor, como é difícil aceitar o seu caminho. Você vem a mim como uma criança pequena e indefesa, nascida longe de casa. Você vive para mim como um estranho em sua própria terra. Você morre por mim como um criminoso fora dos muros da cidade rejeitado por seu próprio povo, incompreendido por seus amigos e se sentindo abandonado por seu Deus.

Enquanto me preparo para celebrar o seu nascimento, estou tentando me sentir amado, aceito, e à vontade neste mundo, e estou tentando superar os sentimentos de alienação e separação que me assaltam. Mas agora imagino se o meu sentido profundo de não ter um lar não me traz para mais perto de você do que os meus sentimentos ocasionais de me sentir integrado. Onde realmente celebro o seu nascimento: num lar confortável ou numa casa estranha, entre amigos acolhedores ou entre desconhecidos, com sentimentos de bem-estar ou com sentimentos de solidão?

Não tenho que fugir dessas experiências que estão mais próximas das suas. Assim como você não pertence a este mundo, também eu não pertenço a este mundo. Todas as vezes que me sinto assim, tenho a ocasião de me sentir grato e de o abraçar melhor, e de experimentar mais integralmente sua alegria e paz.

Venha, Senhor Jesus, e fique comigo onde eu me sinta mais pobre. Confio que este é o lugar onde você encontrará sua manjedoura e trará a sua luz. Venha, Senhor Jesus, venha.

Amém”.


Seu Irmão
Eduardo Rocha Quintella
Continuo Orando Por Você…
Eduardo Rocha Quintella
Fraternidade São João da Cruz – O.C.D.S. – BH
Adorador Noturno da Catedral Nossa Senhora da Boa Viagem – BH
Tel: (0xx31) 3486 –850

E-mail: eduardoquintella@terra.com.br

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.