Uma nova estação

:: Ouça comentários adicionais do autor


A vida segue seu curso; silenciosa ou agitada, ela não pára. A chegada de mais uma estação do ano nos faz perceber que algo novo acontece também dentro de nós e nos exige uma postura nova frente aos acontecimentos. O interessante é que nem todos experimentam a mesma estação ao mesmo tempo, pois, enquanto no Hemisfério Norte é hora de darmos adeus ao verão e abrirmos as portas ao outono, deixando cair as folha da paisagem já cansada; o Hemisfério Sul saúda a estação das flores com manhãs claras, dias mais longos e uma nova vida que ressurge cheia de cores e perfume. É primavera!

Estes dias, recebi, por e-mail, uma explicação sobre as Estações do Ano. Aliás, é uma questão sobre a qual, em outras épocas, eu procurava respostas, mas, com a chegada das novas prioridades da vida, fui deixando-a adormecer no silêncio do tempo. Porém, ao ler o e-mail, não só obtive a resposta para o questionamento de infância, como também compreendi, ainda mais, a perfeição e beleza com a qual Deus nos presenteia em cada época do ano e, assim, em cada estação da vida.

A Pergunta que eu sempre fazia era: “Por que acontecem as estações do ano?”. O texto que recebi explicava: Naturalmente, diríamos que é devido ao movimento de translação que a Terra executa à volta do Sol. É isso sim, mas não só… pois, se a Terra não se inclinasse em seu eixo, não existiriam as estações e cada dia teria 12 horas de luz e 12 horas de escuridão.

É exatamente esta inclinação do planeta que faz a diferença, pois, quando o Pólo Norte se inclina em direção ao Sol, o hemisfério Norte se aquece ao calor do verão. Isso quer dizer, então, que, quando num dos hemisférios é verão. no outro é, inevitavelmente, inverno. Se no Hemisfério Norte começa o outono, no Hemisfério Sul entra a primavera.
Como é lindo contemplar a harmonia da natureza, a perfeição com a qual Deus criou todas as coisas, admirar o nascer do Sol e perceber que temos uma nova chance para recomeçar! Quando o dia se vai e a noite vem chegando, a natureza devolve a calma e nos chama ao descanso… Assim segue a vida enquanto o universo, silenciosamente, vai revelando, nos detalhes, o capricho de seu autor.

É natural, quando admiramos uma obra de arte, nos interessarmos por conhecer seu artista. Eu, particularmente, gosto de saber o que o inspirou a expressar-se assim. Com a natureza não é diferente. Contemplar sua beleza deve nos levar ao conhecimento de seu autor e a descobrir sua fonte de inspiração… É este o convite que lhe faço hoje, seja qual for a estação do ano em que você está vivendo, esteja no Hemisfério Sul ou Norte, com dias mais longos e claros ou mais escuros e curtos. Se em sua volta há flores desabrochando ou folhas a cair, não seja indiferente à beleza que se expressa silenciosa… Fique atento, pois tudo foi feito para nós e a inspiração do artista é o amor exclusivo que Ele nos dedica. Ter consciência desta verdade faz a diferença no nosso jeito de crer.
A fé nos garante que nada acontece por acaso em nossa vida, e a ciência nos ensina que as estações do ano também não. Portanto, é hora de acolher a nova estação de coração aberto e permitir que, com ela, venha também as novidades de Deus para nossa vida.

Se você, como eu, está recebendo o outono, não tenha medo de deixar cair as folhas do que passou… A beleza de cada instante se esconde também na sua brevidade. Ela não foi feita para ser prisioneira nem mesmo do tempo. Quando deixamos o outono levar as folhas que já amarelaram, damos lugar aos brotos que virão depois. É preciso ser livre pra deixar passar o que passa. O tempo tem o direito de levar o que é dele.
Por outro lado, se é a estação das flores que lhe saúda, não tenha medo de desabrochar… O canto dos pássaros, o brilho de cada manhã e a diversidade de cores e aromas, que se espalham por todo lado, anunciam que o tempo da alegria chegou. Celebre a vida e deixe brotar a beleza que se esconde, silenciosa, em sua alma talvez penalizada pelo inverno já superado. Abra as janelas de seu interior e venha para fora. A vida lhe oferece uma nova oportunidade… Está chegando uma nova estação. Seja Feliz!

Outros comentários em áudio, acesse: opiniaocn.mypodcast.com


Dijanira Silva

Missionária da Comunidade Canção Nova, desde 1997, Djanira reside na missão de São Paulo, onde atua nos meios de comunicação. Diariamente, apresenta programas na Rádio América CN. Às terças-feiras, está à frente do programa “De mãos unidas”, que apresenta às 21h30 na TV Canção Nova. É colunista desde 2000. Recentemente, a missionária lançou o livro “Por onde andam seus sonhos? Descubra e volte a sonhar” pela Editora Canção Nova.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.