Todos nós somos capazes de amar

Sempre ouvi dizer que eu era capaz de amar, porque existia uma grande fonte de amor dentro de mim… Mas, eu achava tudo isso muito “carola”.

Trazia em meu coração uma grande mágoa de meu pai e me achava incapaz de amar qualquer pessoa e muito menos perdoar alguém que tinha me ferido. Sofria muito com isso e acabava culpando as pessoas que estavam em minha volta.

É preciso buscar diariamente a nossa cura interior. No entanto, muitos cristãos não param para pensar na importância que a cura interior tem. Sem ela, torna-se muito mais difícil perdoar e muito mais fácil odiar, e assim, entulha-se o coração com o pecado, e não se compreende o irmão, não lhe dando uma nova chance.

Durante esse tempo de comunidade, aprendi que amar é como pegar um mesmo violão e nele compor uma nova canção. Aprendi também que o amor, que é dado, é amor que cura.

Todos nós somos capazes de amar, pois somos filhos do verdadeiro Amor: Deus. É preciso tomar a decisão. O amor de Deus é gratuito.

Enquanto vivermos na superficialidade, não experimentaremos o amor de Deus e não aprenderemos a guardar os benefícios que ele nos proporciona.

Precisamos ter essa sensibilidade para perceber, mesmo nas pequenas situações, a ação de Deus, para que nos sintamos, finalmente, cativados por esse amor que não passa.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.