Superando as decepções

Decepções pequenas…
Decepções grandes…
Decepções profundas…
Independentemente do grau ou do tamanho, decepções são sempre decepções. E só quem vive pode calcular o quanto elas doem e deixam marcas!
Marcas para sempre?
Talvez sim, talvez não. Tudo depende da forma como eu reajo; depende da “SUPERAÇÃO”.
E como superar?

Quero testemunhar que quando sofri o término de um noivado, após mais de três anos de relacionamento, parecia que todos os meus sonhos haviam caído por terra.
Na minha limitação humana, me decepcionei com a pessoa, comigo mesma e com Deus. Claro que Deus não tem culpa alguma, mas ali, naquela hora, fiquei muito triste com Ele.
Impressionantes a bondade e a misericórdia do Senhor!

Mesmo decepcionada, questionando o porquê daquele término, Ele me concede a graça de pensar o seguinte:

– Você tem duas opções diante de tudo isso: – Ou você se entrega a essa decepção profunda, entra em estado de desânimo e depois de depressão – pois todos até entenderiam, afinal não é fácil – ou você SUPERA, reage, levantando a cabeça e enfrentando cada momento…

Após refletir sobre as duas possibilidades, mesmo sem ter forças para decidir qualquer coisa, só consegui dizer: “Me ajuda, Senhor! Não quero me entregar a esses sentimentos ruins que tentam me atacar; fazendo com que eu me revolte contra o Senhor. Ajuda-me, Deus!”

Custou-me muito essa decisão; mas quando reagimos por mais que seja difícil no início, o que nos consola é saber que demos tudo de nós, fizemos nossa parte e contamos com a ajuda de Deus. Se alimentamos nossas decepções sem buscar orientação e cura, elas ficarão em nós para sempre nos atormentando. Mas quando buscamos ajuda, acontece o contrário: somos libertos.

Sofri muito, mas hoje, após tantos anos já passados, tenho orgulho de dizer que estou firme em Deus e ajudando muita gente a se levantar.

E o mais lindo foi perceber que quando Deus permite que o rumo da nossa vida seja mudado, por meio de uma dor, de uma perda, de um rompimento, causando-nos grande sofrimento, é porque Ele vê além, sabe o porquê de ter de fazer aquilo.

Só hoje entendo isso e agradeço ao Senhor por essa intervenção. Se ela não tivesse acontecido, não chegaria ao que estava reservado a mim.

Que bênção! Quantos frutos colhi por ter SUPERADO e buscado ajuda em Deus!

Por isso, não se revolte! Enfrente o que você vive em Deus e com Deus. Seja fiel e o Senhor o recompensará. Seu sofrimento não é em vão.

O Senhor o convida agora a uma “SUPER-AÇÃO”: Levante desta decepção e reaja! Deixe Deus ajudar você! Abra o seu coração, porque Ele quer curá-lo e abençoá-lo. Entregue todas as suas decepções para Ele. Saia de si e não se feche.

Aproveite essa situação como um impulso para a vitória que está por vir. Sim, ela virá, assim como tem vindo na minha vida. E eu proclamo que ela virá na sua também. Amém?
Então, tome posse!

Deus nos abençoe!

Unida em oração,

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.