Somos filhos adotivos de Deus Pai

Confessar a Onipotência de Deus é de grande importância para nossa vida. Pois Deus criou tudo e pode tudo e, e esta onipotência é também de amor, já que Deus é nosso Pai. “Ele faz tudo o que quer” (Sl 115,3).Deus é o Pai todo -poderoso e sua paternidade e seu poder se completam mutuamente.

Ele mostra esta paternidade pela maneira como cuida de nossas necessidades, pela adoção filial que nos confere : “ serei para vós um Pai e sereis para mim filhos e filhas,” (2 Cor 6,18).

Quando dizemos “Pai Nosso”, reconhecemos primeiramente que todas as suas promessas de amor anunciadas pelos profetas se cumprem na Nova e Eterna Aliança em Cristo: “nós nos tornamos seu povo e Ele é , doravante nosso Deus.” “Tu te compadeces de todos, porque tudo podes”, (Sb 11,23).

Finalmente, a paternidade de Deus se mostra em sua infinita misericórdia, em perdoar livremente nossos pecados.

Catecismo da Igreja Católica

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.