Só se ama, amando!

“No coração da Igreja, minha mãe serei tudo serei o amor”
(Santa Teresinha do Menino Jesus).

Me alegra saber que em nossa Igreja existiram e existem tantos santos que foram ousados na fé. Dentre tantos, cito a Teresinha do Menino Jesus, santa dos nossos tempos. Ela queria ser e viver o amor, não queria ser “santa pela metade”, e dentro de si, desejava alcançar os corações, através deste mesmo amor.

Esse é o nosso chamado hoje: “ser amor na Igreja, encontrando o nosso lugar”. Teresinha foi santa dentro de um carmelo, onde ensinou a humanidade que é possível sê-lo através dos pequenos gestos: no contentamento, na alegria, no sofrimento. Esta era a pequena via que lhe daria os tesouros do Céu.

Cada um de nós tem uma missão, uma pequena via, um caminho a seguir e se não tivermos olhos espirituais, poderemos perder a oportunidade de santificar as nossas almas. É preciso estar atentos aos sinais de Deus. E que alegria será quando enfim chegarmos diante do Altíssimo e pudermos ouvir:

“Vinde, benditos do meu Pai!” (Mt 25,34).

Mas como ser amor onde há tanta fome, hipocrisia, guerra e condenação?
Será que somos alienados em falar de paz e sorrir diante das dificuldades corriqueiras, sabendo que a nossa segurança está no nome de Jesus, que fez o Céu e a Terra? Vejamos o que diz a Sagrada Escritura a respeito do amor-caridade, amor-doação:

“O amor é paciente, é benfazejo; não é invejoso, não é presunçoso nem se incha de orgulho; não faz nada de vergonhoso, não é interesseiro, não se encoleriza, não leva em conta o mal sofrido; não se alegra com a injustiça, mas fica alegre com a verdade. Ele desculpa tudo, crê tudo, espera tudo, suporta tudo” (1Cor13, 4-7).

Mas o convite hoje é o de não olhar para nós mesmos. Sabemos que se nos abrirmos ao amor, não será por um mérito nosso, mas do próprio Deus, que nos cumulou desse tesouro. O Céu começa aqui e somos nós quem o construímos.

O amor de Deus nos impulsiona a mudar de vida. O que você está esperando?

Só se ama, amando!

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.