Serafina, contempla com felicidade o sofrimento

Celebramos hoje (13/03), a vida de santidade de Santa Serafina que nasceu em 1238, pertencente a uma nobre família italiana. Era uma menina modesta, pura, piedosa, de grande mortificação, bondosa e caridosa para com todos.

Santa Serafina que amava muitos seus pais recebeu deles conselhos contra a malícia do mundo, desde então buscou com muito empenho a pureza, maior vigilância, ao ponto de receber a graça de consagrar-se ao Cristo como virgem. Quando tinha apenas 10 anos Santa Serafina pegou uma grave doença que cobriu seu corpo de chagas incuráveis e dolorosas.

Toda a sua enfermidade Santa Serafina escolheu estar sobre uma tábua, a fim de se assemelhar ao Cristo e, como São Paulo, completar com felicidade os sofrimentos o que falta no Cristo sofredor. Santa Serafina teve os momentos difíceis de sua vida, porém devota à Paixão e Morte de Jesus ofereceu tudo pela conversão dos pecados até que em 1253 com 15 anos entrou na Casa do Pai.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.