Seja mendigo de Deus

Eu te bendigo, Pai do céu e da terra, porque escondeste estas coisas aos sábios e entendidos e as revelaste aos pequeninos‘ (Mt 11, 25). O Reino de Deus é a herança prometida aos que são pobres de coração. A pobreza torna o homem mendigo da Misericórdia do Pai.

A revelação de Deus é manifestada através dos humildes: ‘A humildade é a disposição para receber gratuitamente o dom da oração; o homem é um mendigo de Deus’ (Santo Agostinho). Somente os pequenos entendem a vontade de Deus e deixam-se guiar pela Sua Sabedoria Divina. Ser pequeno é depender totalmente de Deus, sem apoiar-se em si mesmo. É confiar na Providência do Pai e esperar o tempo certo para cada acontecimento.

Jesus louva e agradece ao Pai pela revelação manifestada na vida daqueles que são excluídos, marginalizados e desprezados pelo sistema do mundo. ‘O perfeito louvor vos é dado pelos lábios dos mais pequeninos, de crianças que a mãe amamenta’ (Salmo 8,3). Somente os pequenos compreendem a linguagem da fé, pois estes percorrem o caminho da entrega e do abandono através da oração do louvor. Neste encontro pessoal com Deus, nos tornamos frágeis e dependentes de sua ação Divina.

O nosso relacionamento com Jesus deve ser o mesmo que Ele teve com o Pai. Numa atitude de louvor, reconhecendo e agradecendo à Deus pelas bênçãos derramadas. Quem reza confia e quem confia não teme os perigos e não se deixa abater pelas dificuldades, mas reage com coragem na certeza de que Deus está acima de tudo. ‘Portanto, nada de medo, Jacó, pobre vermezinho, Israel, mísero inseto. Sou eu que venho em teu auxílio, diz o Senhor, teu Redentor é o Santo de Israel’ (Is 41,14).

Jesus nos convida a termos uma mentalidade madura para tomarmos as decisões certas, mas nos alerta a termos um coração de criança capaz de amar e perdoar os nossos irmãos quantas vezes for necessário. Ter um coração puro, tranqüilo e sereno, livre das preocupações exageradas.

‘Vinde a mim, vós todos que estais aflitos sob o fardo, e eu vos aliviarei. Tomai meu jugo sobre vós e recebei minha doutrina, porque sou manso e humilde de coração e achareis o repouso para as vossas almas. Porque meu jugo é suave e meu peso é leve’ (Mt 11, 28-30).

Jesus diz para você agora: ‘Vinde a mim, pois quero levar o seu cansaço e aliviar as dores e sofrimentos que te atormentam sem parar’. Ele te pega no colo e você é envolvido de paz e segurança. Venha repousar no Sagrado Coração de Jesus! Penetre neste Coração manso e humilde! Não fique em baixo do fardo, pois ele te esmagará.

Lute!Coragem! Aproveite a graça! Louve ao Pai por sua vida! Vá ao encontro de Jesus e diga que você não agüenta mais, que suas forças se esgotaram e que você precisa de consolo e de repouso. Experimente a graça e a restauração acontecerá…

‘Pai eterno, cure os corações esmagados, tristes e desconsolados. Aliviai o peso que os afligem e os desanimam. Leve ao Coração de Jesus as intenções de todos os seus filhos e revigore suas forças para continuar na caminhada. Amém’.

Ir. Fabiana Souza Aguiar
Carmelita Mensageira do Espírito Santo

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.