Se creres verás a glória de Deus.

‘Se creres verás a glória de Deus’.

Este versículo faz parte de um dos maiores milagres feitos por Jesus, a ressurreição de Lázaro (conf. Lc 11).

Na ocasião, a irmã de Lázaro, Marta, fala a Jesus do sensível odor que saía do então falecido. Jesus quase que instantaneamente responde:
‘Não te disse, se creres verás a glória de Deus?’.

É uma resposta que deveria mexer profundamente conosco e provocar em nosso interior um profundo desejo de diante de qualquer circunstância, acreditar. De mesmo diante de fatos impossíveis, acreditar. Acreditar que veremos a glória de Deus em nossas dificuldades e em todas as situações que julgamos serem intransponíveis.

Alguns milagres feitos pelo Senhor, relatados pela Sagrada Escritura, são acompanhados de frases do tipo:

‘Vai! Conforme acreditaste te seja feito’ (Mt 8,5-13);

‘Levanta-te e vai. Tua fé te salvou!’ (Lc 17,11-19);

‘Vê, a tua fé te salvou’ (Lc 18,35-43).

Milagres estes que são associados à fé.

Talvez você conheça alguém que você julga possuir uma grande fé, enquanto que você se considera total ou parcialmente descrente.

A promessa ‘verás a glória de Deus’ é feita a cada um de nós- acompanhada inteiramente dessa condição primordial: crer.

Faça o exercício de dizer isso.
Veja alguns exemplos:

‘Se eu creio na restauração da minha família,verei a glória de Deus’.
‘Se eu creio na conversão de meu esposo,verei a glória de Deus’.
‘Se eu creio que o Senhor pode curar-me,verei a glória de Deus’.

Apresente a sua necessidade e faça desse versículo uma oração, um programa de vida. Você pode repetir este versículo colocando suas necessidades.
Logo após, convido você a dar um passo além:

‘Eu creio… e verei a glória de Deus’.

Não se assuste se em sua casa, em seu ambiente de convívio ou mesmo em você começarem a acontecer milagres, pois é o próprio Jesus que está nos dizendo: ‘Se creres verás a glória de Deus’.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.