São Pio de Pietrelcina, em minha vida

“Ao assistir à Santa Missa, renova a tua fé. Mantém teu pensamento erguido ao mistério que vai se desenrolando diante de teus olhos. Deixa que tua mente te conduza até o Calvário e pensa e medita sobre a Vítima que se oferece à justiça divina, pagando o preço da tua Redenção.” (Padre Pio)

Tudo começou, em um dia que tive a oportunidade de conhecer um pouco da vida de São Pio, através do meu irmão Daniel. Ele comentava comigo que, ao conhecer São Pio, sua vida mudou. Diante disso, resolvi conhecê-lo também. Pedi a Deus a graça de aprofundar na vida deste estigmatizado. Foi uma experiência incrível.

Quando estava no noviciado, (uma etapa de formação que temos aqui na comunidade, a fim de mergulharmos no carisma), participando de uma das missas, senti algo muito diferente, algo que nunca tinha vivido. Fui tomado de uma grande emoção e levado a experimentar, a viver junto com Jesus, o mistério do Calvário.

Pedi ao Senhor que providenciasse meu encontro pessoal com São Pio e, assim sucedeu. No momento da consagração, senti fortemente Padre Pio dizendo para mim: Carlos, você quer ser meu filho espiritual? Você está disposto a doar sua vida para anunciar Cristo para a humanidade?

Naquele momento eu disse que sim e que queria ser fiel ao chamado de Deus a todo custo. Hoje, estou no seminário e futuramente consagrarei meu sacerdócio a São Pio. Meu coração se compadecia quando São Pio se sacrificava, travando lutas diárias com o demônio.

“O demônio é forte com quem o teme, mas é fraco com quem o despreza.” (São Pio)

Pio ensinou-me a ter maior amor a Cruz de Nosso Senhor, porque através dela conseguimos enxergar o quanto Cristo nos ama, a ponto de dar sua vida por nós. Ele vivia a humildade, preocupando-se somente com os pobres, detestava a arrogância e a vaidade. Certa vez, quando adorava Jesus na capela, senti que não estava sozinho, fiquei por um instante inquieto, mas logo após, veio aquela voz ao meu coração: “não se preocupe, sou eu, Pio, vim para exortá-lo a viver a humildade, lute para ser santo, adore ao Senhor Jesus que está aí na sua frente. Não deixe de ser caridoso para com as pessoas, elas precisam ser amadas”.

Assim como São Pio tinha experiências com nossa Senhora, também incentivava a nós seus filhos a rezarmos o Rosário, a fim de mergulharmos nos mistérios do Senhor. Queridos irmãos, rogo a São Pio para que vocês tenham experiências fantásticas também. Lembre-se de uma coisa:

“O Santo Sacrifício da Missa é o sufrágio mais eficaz, que ultrapassa todas as orações, as boas obras e as penitências. Infalivelmente produz seu efeito para vantagem das almas por sua virtude própria e imediata”.

Com Cristo!

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.