Santuário: lugar onde Deus fala com seu povo

O Santuário Nacional é o maior centro de ação e irradiação evangelizadoras do país. Desde a inauguração da capela em 1745, tem uma característica especial: recebe peregrinos durante o ano todo. O movimento de peregrinos cresce muito, de ano para ano. Em 1900 calculava-se o número anual de visitantes em 150 mil. Em 1957 o número atingiu um milhão de romeiros. Hoje a estatística acusa 7 milhões de peregrinos.

A devoção a Nossa Senhora da Conceição Aparecida já faz parte da cultura de nosso povo. ‘O nome e a invocação de Nossa Senhora entraram nos hábitos e na vida do povo brasileiro que a invoca nos perigos, nas horas tristes e de gratidão (Pe. Júlio Brustoloni, historiador). O Santuário é espaço de manifestação forte de religiosidade no Brasil.

‘Os centros de devoção e as romarias populares constituem ao longo da história do Brasil o lugar de maior expressão coletiva da religião popular’ (Riolando Azzi, teólogo e historiador). Entre os 100 santuários de expressão que existem no Brasil, mais de 50 são marianos. O Santuário de Aparecida se destaca entre todos pela sua magnitude, projeção, organização e pastoral.

Acontecendo desde o século XVIII, as romarias trazem todos os anos uma multidão crescente de peregrinos ao Santuário. ‘A peregrinação é um sinal muito ao gosto do nosso povo’ (CNBB. Doc. 41). Nas últimas décadas, as romarias têm crescido em número, estruturação e programação. O próprio Santuário tem dado uma atenção toda particular às romarias, acolhendo-as bem e orientando-as para que se tornem cada vez mais autênticas peregrinações cristãs, comprometidas com Jesus Cristo e com a Igreja. O próprio Santuário tem se constituído em grande centro de evangelização do país.

O atendimento humano, a Eucaristia, a Reconciliação, as orações, as celebrações da Palavra, as bênçãos, as pregações, as procissões, a catequese e o aconselhamento sãos as principais atividades religiosas do Santuário durante todos os dias do ano.

‘O santuário é o lugar santo onde Deus falou e fala ainda a seu povo por meio de um acontecimento, ou pelo testemunho de um mártir, da vida de um santo, e, em primeiríssimo lugar, da Virgem Maria, a Mãe de Cristo, Mãe de Deus’ (Doc. Final do I Congresso Mundial de Pastoral dos Santuários e Peregrinações- Roma, 26 a 29 de fevereiro de 1992).

Os meios modernos de comunicação social marcam a pastoral do Santuário. A sua mensagem não se restringe apenas ao próprio templo e ao espaço sagrado que o circunda, mas se expande para os mais distantes rincões do Brasil, através desses meios. Já está conectado na INTERNET. Pela televisão e pelo rádio, as pessoas rezam, acompanhando as celebrações, orações e novenas. Recebem a visita da Padroeira do Brasil em seus lares e lugares de origem.

A Rádio Aparecida, a Rede Católica de Rádio, a Rede Cultura, a Rede Vida de Televisão e outras emissoras transmitem as celebrações, formando uma verdadeira família espiritual de devotos pelo Brasil todo. A Editora Santuário, com seus livros, Jornal Santuário e Almanaque de Nossa Senhora, e outras editoras fazem da imprensa a evangelização continuada do Santuário.

Nossa Senhora Aparecida… rogai por nós!!!

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.