Santa Francisca, mãe de Roma

Neste dia (09/03), se apresenta diante de nós santa vida de Francisca que passando por diferentes estados de vida testemunhou a sua busca sincera pela santidade. Nasceu em 1384 em Roma de família nobre e desde criança tinha vida de piedade e penitência.

Prometida em casamento pelo pai, Francisca Romana, já percebia sinais de vocação religiosa, porém obediente ao pai casou-se com um jovem rico e tiveram seis filhos. Como esposa esforçou-se para ser uma ótima dona-de-casa e santa mãe, tanto assim viveu intensa vida de oração e caridade para com os da família e os pobres.

Santa Francisca Romana sofreu muito com duas guerras, epidemias, fome, misérias que afligiram a Roma da época; perdeu três filhos e mais tarde o próprio marido que tanto amava. Francisca deu muita assistência aos doentes e pobres, ao ponto de ser chamada ‘Mãe de Roma‘, e na sua viuvez atendeu os apelos do coração chamado a uma consagração total, sendo assim viveu até sua morte em 1440, num congregação abençoada pelo papa e iniciada por ela e amigas na caridade.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.