Por que e para que vivo?

Eu começo perguntando quem é você? Como tem vivido esses últimos tempos? Quais são as prioridades que você tem para viver? É, pode ser que ainda não tenha respostas para muitas destas perguntas, pois talvez ainda não saiba se o que tem realizado faça sentido ou não.

Talvez você tenha olhado para seu interior e não tenha obtido muitas respostas. Isso pode acontecer se o que você tem vivido for irreal. A vida é feita de fatos e acontecimentos reais, isso significa dizer que não podemos viver de possibilidades, mas de coisas concretas. Muitas vezes não nos damos conta disso, e não valorizamos o que deve ser valorizado, porque procuramos preencher nossas carências apenas com coisas que satisfaçam nosso ego momentaneamente ou que nos causem um certo prazer individualista.

Quando seguimos esse emaranhado caminho, sempre vivemos fora da realidade para a qual fomos criados e chamados a viver. E, assim, acabamos por esvaziar o que é sagrado. De modo que vivemos sem fazer a diferença na vida das pessoas, naquilo que deveríamos ser e fazer por elas, algo para o qual fomos criados. E o fato de vivermos fora de nosso chamado faz da nossa vida um mero “livrinho de páginas em branco”, sem nada para contar, pois tudo o que se fala e se faz é vazio, inexistente…

Mas, ao contrário disso, existem pessoas que, pelo simples fato de existirem, já exalam o mais agradável de todos os “perfumes” existentes, gerando vida, fazendo a diferença com seu jeito único de ser. Ninguém é cópia de alguém, e pessoas especiais assim revelam quem são na realidade por serem transparentes. De forma que se pode ver nelas uma identidade específica e única. Seja por meio de um simples sorriso ou do modo como agem, e, às vezes, não necessitam nem de palavras para que vejamos sua personalidade.

Sua vida é um como espelho que reflete a luz, que brilha naquilo que é verdadeiramente quando se coloca de frente a ele, clareando todo o ambiente. E para ser o “colorido”, que gera vida nas pessoas, basta apenas uma coisa: viver e ser amor na vida dos demais, sem nada esperar em troca. O amor basta e fala por si só.

Por isso, ame e sua vida será um “colorido” que ninguém irá deter. Assim como comecei, termino com uma pergunta: “Você quer que sua vida seja um livro de páginas em branco ou com muitas ‘fotos coloridas’?”

Deus abençoe você!

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.