Patrono dos sacerdote é celebrado

São Leonardo nasceu em Porto Maurício, perto de Gênova, Itália, em 1676. Aconteceu que Leonardo perdeu muito cedo sua mãe, assim como encontrou cedo sua vocação ao Sacerdócio, por isso ao renunciar-se a si mesmo foi para Roma formar-se. Entrou para a Família Franciscana e com 26 anos já era Padre, sendo assim começou a vivenciar toda a rica do Evangelho e radicalidade típica dos imitadores de Francisco, por isso ocupou posições cada vez maiores no serviço à Ordem, Igreja e de todos.

Devoto da Virgem Maria, que lhe salvou a vida num tempo de incurável doença, São Leonardo de Porto Maurício era devotíssimo do Sagrado Coração Jesus na forma da adoração ao Jesus Eucarístico; no exercício da Via-Sacra e amante da pobreza radical e franciscana. Toda a vida, penitências e orações de São Leonardo convergia para salvar almas, pela força pregação e vivência do Evangelho, por isso um mandado pelo Papa testemunhou ‘que nunca ouvira pregador mais arrebatador’.

Depois de derramar-se por Deus e pelos outros, São Leonardo de Porto Maurício, não se tornou mártir, como tão desejava, mas deu toda sua vida no dia-a-dia até adoecer e entrar no Céu em 1751 onde hoje está a interceder por nós, chamados a igual santidade.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.