Para Você

Há muito tempo eu o criei. E o amei desde o princípio. A ti declarei pela primeira vez meu amor quando te conferi minha imagem e semelhança.

Entreguei a ti toda felicidade do mundo porque quis teu bem e teu sorriso. Como criança que era, adverti-lhe dos perigos e procurei protegê-lo da ambição.

Mas quando já era tarde, mesmo com o meu coração ferido e vertendo dor, dei-lhe minha promessa e constitui um povo para que dele pudesse surgir a nossa reconciliação… Porque a mim, sua vida é cara e preciosa, e jamais quis perdê-lo…

Como fossem crianças, cultivei esse povo e, chegada a maturidade, lhes enviei Meu Filho único, o que estava comigo desde o princípio. E que me era inestimável pois comigo e com Meu Espírito formávamos um só.

Portanto, ao enviá-lo, eu mesmo fiz-me presente e assumi suas dores. Eu o amo tanto, tanto… Que desejei sentir seu sofrimento, assumir sua tristeza e padecer até a morte por você através de Meu Filho Amado.

Desejei nascer, crescer, trabalhar, sofrer, comer contigo, rir contigo… chorar contigo…

E ao fazer isso, deixei o caminho para que você fosse realmente feliz, eternamente feliz.

Quis lhe mostrar que meu desejo é vê-lo comigo novamente… porque meu desejo, desde que o criei, sempre foi estar contigo.

Por isso, quando enviei meu Filho ao mundo, quis que seu primeiro trono fosse uma manjedoura em um estábulo e quis que reis fossem adorá-lo em meio a pastores naquele lugar humilde, para mostrar-lhe que diante de mim não há reis nem pastores, e sim filhos
muito amados, cada um tão único que eu moveria montanhas pela sua felicidade…

Quis que Meu Filho tão amado aprendesse a andar e fosse brincar com outras crianças, quis que Ele provasse da vida que você tem para que pudesse estar mais próximo de ti… Por isso aprendeu a falar, aprendeu a ler a minha palavra, palavra esta que Ele mesmo já conhecia, tudo porque queria que você soubesse que Eu não desejo estar no alto de um trono, distante, mas estar ao teu lado em teus momentos de aprendizado, de vida…

Quis também que Meu Filho trabalhasse e servisse, e o tornei um carpinteiro, o tornei um aprendiz e em seguida um profissional, para que você soubesse que minha realeza está na simplicidade e na humildade, no serviço.

Quando chegou a hora, Meu Filho, aquele que era um comigo, tornou-se cordeiro e levantou sua voz para que você entendesse que Ele veio para te unir comigo e que daria sua vida por isso… Então Eu, que senti com Ele, pois nós somos um, entreguei meu Filho à dor e à humilhação em expiação de tudo o que te separava de mim… Em nome do meu Amor por você, Meu Filho entregou-se à tortura, ao chicote, ao espinho, aos socos e pontapés, ao peso da cruz e aos pregos que o penduraram no madeiro… Através dEle, eu também senti, cada golpe, cada vez em que seu sangue se esvaia de seu corpo, cada minuto de angústia até que o véu do templo se rasgou e Meu Filho expirou…

E para que você tivesse a plenitude da vida e gozasse de todo o meu amor, Meu Filho venceu a morte e ressuscitou, consumando assim o Meu desejo infinito… de que você se tornasse também… MEU FILHO!!

E sempre te amarei desse jeito, filho, não importa como você se encontra, não importam os seus erros, não importa o que aconteceu à sua vida, importa é que eu te confio Meu Amor, Meu Espírito Santo para que você não seja mais órfão e tenha um Pai. Um Pai que te ama e, cujo amor transcende os séculos e permanece para a eternidade…

TE AMO, FILHO…

”Pois estou convencido de que nem a morte nem a vida, nem os anjos nem os principados, nem o presente nem o futuro, nem os poderes, nem a altura, nem a profundeza, nem qualquer outra criatura poderá nos separar do amor de Deus manifestado em Cristo Jesus Nosso Senhor.’ (Romanos 8: 38)

Fonte:geocities

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.