Pais e Educadores

SÁBIOS CONSELHOS DE DOM BOSCO

1- Valorize o seu filho
Quando respeitado e estimado, o jovem progride e amadurece.

2- Acredite no seu filho
Mesmo os jovens mais “difíceis” trazem bondade e generosidade no coração.

3- Ame e respeite o seu filho
Mostre a ele, claramente, que você está ao seu lado, olhe-o nos olhos. Nós é que pertencemos a nossos filhos, não eles a nós.

4- Elogie seu filho sempre que puder
Seja sincero: quem de nós não gosta de um elogio?

5- Compreenda seu filho
O mundo hoje é complicado, rude e competitivo. Muda todo dia. Procure entender isto. Quem sabe ele está precisando de você, esperando apenas um toque seu.

6- Alegre-se com o seu filho
Tanto quanto nós, os jovens são atraídos por um sorriso; a alegria e o bom humor atraem os meninos como mel.

7- Aproxime-se de seu filho
Viva com o seu filho. Viva no meio dele. Conheça seus amigos. Procure saber onde vai, com quem está. Convide-o a trazer seus amigos para a sua casa. Participe amigavelmente de sua vida.

8- Seja coerente com seu filho
Não temos o direito de exigir de nosso filho atitudes que não temos. Quem não é sério não pode exigir seriedade. Quem não respeita, não pode exigir respeito. O nosso filho vê tudo isso muito bem, talvez porque nos conheça mais do que nós a ele.

9- Prevenir é melhor do que castigar o seu filho
Quem é feliz não sente a necessidade de fazer o que não é direito. O castigo m,agoa, a dor e o rancor ficam e separam você do seu filho. Pense, duas, três, sete vezes, antes de castigar. Nunca com raiva. Nunca.

10- Reze com seu filho
No princípio pode parecer “estranho”. Mas a religião precisa ser alimentada. Quem ama e respeita a Deus vai amar e respeitar seu próximo.

“Quando se trata de educação não se pode deixar de lado a religião”.

Um grupo de pais, professores e psicólogos europeus, há anos, preparou uma lista de dez normas a serem observadas na educação dos filhos.

Acreditando que possa resumir de certa forma o que já foi visto até aqui, e que possa ser útil aos pais, vamos transcrevê-las.

“OS DEZ MANDAMENTOS DOS PAIS E EDUCADORES”

1- Os pais não briguem nem discutam na frente dos filhos.

2- Tratem todos os filhos com igual afeto. Quanto possível, evitem o filho único que, muitas vezes se torna adulto problema.

3- Nunca mintam a uma criança.

4- Sejam os pais intimamente afetuosos e atenciosos um com o outro, incutindo nos filhos, com a sua presença, uma personalidade equacionada.

5- Haja confiança e certa camaradagem entre pais e filhos, incutindo neles responsabilidade para a vida.

6- Os pais recebam bem os amigos dos seus filhos, mas, não permitam gastos inúteis e além de suas mesadas.

7- Não repreendam e nem castiguem uma criança na presença de outros, indicando sempre o motivo do castigo.

8- Notem e encoragem as qualidades dos filhos e não salientem seus defeitos.

9- Respondam sempre as perguntas dos filhos conforme as exigências de sua idade.

10- Mostrem sempre aos filhos o mesmo afeto e o mesmo humor sem demonstrar demasiada preocupação.

Do livro: “Família, Santuário da Vida”


Felipe Aquino

Professor Felipe Aquino é viuvo, pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova. Página do professor: www.cleofas.com.br Twitter: @pfelipeaquino

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.