Oração de um jovem na véspera de Natal...

‘Eu queria dar um presente aos meus pais e ao meu Deus. Sou um
bocado errado, mas acho que entendo esse negócio de paz interior.

Essa noite vou pensar um pouco na vida. E se eu chorar, vai ser
bom. Já chorei de raiva neste ano. Posso chorar de amor nesta noite.

Tenho pena dos pobres e dos ricos, Deus. Dos pobres que passam
fome, e dos ricos que passam fome do mesmo jeito: fome de ser gente.

Tenho pena dos caras que tem raiva dos ricos e dos que desprezam
os pobres.

Tenho pena de um mundo que confundiu amor com erotismo, justiça
com violência, pessoa com objeto, guerra com política, paz com
armistício, liberdade com imaturidade.

É isso, Deus. Desculpe eu não entendo muito de Natal.
Pensando bem, é difícil mesmo. Falar que Jesus nasceu pobre, foi envolto
em faixas e colocado num cocho de animais é poético.

Mas entender porque Ele fez isso, é fogo. Contraria o que o
mundo admira.

De qualquer forma, Feliz Natal, Deus. Cresça logo no coração dos
cristãos que teimam em fazer Deus um menino bonitinho em Belém e depois
não quererm ouvir o que ele disse quando cresceu’.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.