O sacrifício e a oração

‘Quero ensinar-te como deves salvar as almas pelo sacrifício e pela oração. Pela oração e pelo sofrimento salvarás mais almas do que os missionários apenas pelos ensinamentos e sermões.’ (Diário de Santa Faustina art. 1767)

Jesus nos ensina que as almas só se salvam pelo sacrifício e pela oração. Que pelos nossos sofrimentos e orações, unidos aos sofrimentos e orações de Jesus podemos salvar mais almas que os missionários apenas pelos ensinamentos e sermões.

Desta forma, Jesus nos mostra como os sacrifícios que realizamos, sejam eles grandes ou pequenos são importantes para a salvação das almas.

Deus não despreza nada daquilo que fazemos, daquilo que investimos e oferecemos pela salvação das almas. Tudo para ele é importante.

Orações, sofrimentos, trabalhos e sacrifícios. Mais, a oração e o sofrimento adquirem um valor infinito, quando nós o unimos ao sofrimento redentor de Jesus na cruz.

Se não reclamarmos, nem murmurarmos, mas sofrermos com paciência os limites que a vida nos impõe, suportarmos com paciência a fraqueza do nosso próximo e sofrermos as demoras de Deus, estaremos acumulando méritos infinitos que poderão salvar muitas almas. Deus está te pedindo que você viva assim.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.