O que aprender nos tempos de crise?

Desde criança escuto essa palavra “crise”. Crise do aumento da gasolina, crise na agricultura e pecuária, crise do desemprego, são tantas “crises” que enfrentamos.

Como fica o coração de pai e mãe quando estão passando pela crise financeira?

De um lado as contas a pagar: aluguel, condomínio, carro, escola e “não tem dinheiro suficiente”, do outro lado os valores a receber “mas não recebe”. Em alguns casos, para honrar os compromissos, “tem que vender o que tem” para saldar com os credores, gerando o sentimento de derrota e fracasso.

Diante da crise é necessário proclamar: DESESPERAR JAMAIS e ponto final.
Nos momentos de crise o raciocínio humano não consegue enxergar esperança, então, além do desespero a esperança desaparece.

O importante é não fugir dos compromissos, não se esconder, ao contrário, ir de encontro às pessoas envolvidas e expor a realidade. Outro passo desafiador a ser dado é confiar que a providência divina abrirá portas.

Geralmente na crise financeira descobrimos quem nos ama.

Escutei desde criança uma frase proclamada pela minha mãe: meu filho, Deus nunca nos abandona!

Tem Jeito!

Envie seu comentário

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.